Coberturas
Nova edição da Quinta com Debate da série 4 Primeiros Meses de Gestão traz as Prioridades Iniciais da Educação como tema
Home Últimas Notícias Nova edição da Quinta com Debate da série 4 Primeiros Meses de Gestão traz as Prioridades Iniciais da Educação como tema

 

 

Com o intuito de trazer informações e orientações para os novos gestores cearenses, cooperando com a qualificação de suas equipes nessa fase inicial de gestão, a Aprece realizou, na tarde da última  quinta-feira (4), mais uma edição da série 4 Primeiros Meses de Gestão, dentro da programação da Quinta com Debate, em seu canal no YouTube. Desta vez, o debate foi voltado para as prioridades iniciais da educação para as novas gestões municipais.

Participaram do encontro virtual a presidente da Undime/CE e secretária de Educação do Município de Crateús, Luiza Aurélia Teixeira; a consultora da área de Educação da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), Mariza Abreu; e a analista da Aprece nas áreas de Educação, Cultura e Turismo, Ana Vládia Cosmo Santos.

A presidente da Undime/CE, reforçou sobre a importância da continuidade da gestão municipal mesmo que os prefeitos e prefeitas não tenham sido reconduzidos (as) e conseguido fazer seus sucessores. Para Luiza Aurélia, é importante que tanto o gestor maior quanto os gestores das pastas municipais tenham o sentimento e a responsabilidade com a continuidade dos programas e projetos da gestão do municipal. Segundo ela, cabe aos secretários de Educação colaborar com o processo de planejamento, implementação, monitoramento, e avaliação das políticas educacionais no âmbito do município, e que com isso, consiga assegurar o direito e o acesso à educação pública com qualidade a todas as crianças, aos jovens e até aos idosos do município.

A consultora da área de Educação da Confederação Nacional dos Municípios (CNM) palestrou sobre o financiamento das ações de educação nesse inicio de mandato. De acordo com Mariza Abreu, existem dois desafios: a implementação do novo Fundeb e toda a questão relativa aos programas federais na área de educação, que incluem prestações  de contas com prazos definidos, novas regras para o PNAE e PNATE, além da adesão ao PAR – 4º ciclo.

“Se inicio de gestão é complicado, por que devemos dar continuidade ao ano letivo que começou a ser planejado pela gestão anterior – com o inicio do Plano Plurianual para os próximos quatro anos, e se isso normalmente é um desafio grande em qualquer inicio de gestão –  imagine nesse ano, onde a economia está do jeito que está, e o PIB caindo”, concluiu.

Para a analista da Aprece, Ana Vládia, essa edição da Quinta com Debate serviu para compartilhar conhecimentos sobre essas novas ações em um ano tão complicado, e para auxiliar os secretários municipais de Educação na tomada de decisões para continuar dando qualidade de aprendizado aos estudantes e estrutura para os municípios a atenderem as diversas demandas nesta área.

Veja Mais