Coberturas
Infectologista do HSJ orienta sobre rotina de cuidados para pessoas soropositivas
Home Últimas Notícias Infectologista do HSJ orienta sobre rotina de cuidados para pessoas soropositivas

Infectologista do HSJ orienta sobre rotina de cuidados para pessoas  soropositivas - Secretaria da Saúde

 

Referência no tratamento de HIV/Aids desde os anos 1980, o Hospital São José (HSJ), unidade da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), do Governo do Ceará, possui atualmente 10.796 pacientes soropositivos cadastrados para a retirada de medicamentos e acompanhamento ambulatorial.

O dado traz consigo histórias de vida de quem convive com esse diagnóstico ainda tão cercado de estigmas. Dia 1º de dezembro, é Dia Mundial de Luta Contra a Aids, uma oportunidade para reforçar o debate coletivo sobre os desafios envolvidos na doença e entender os avanços nos tratamentos disponíveis.

O médico infectologista do Hospital São José, Érico Arruda, alerta que a prevenção do vírus HIV ainda é o sexo seguro.

Segundo o doutor Érico Arruda, a terapia antiretorviral ainda é o tratamento mais eficiente para que o paciente possa conviver com o vírus e até mesmo não transmita mais o vírus.

No começo da pandemia, havia uma preocupação com os pacientes soropositivos em ser contaminados com a Covid-19, de que poderiam ser considerados do Grupo de Risco da doença. Érico Arruda destaca quais os casos de soropositivos que podem ser afetados de forma mais grave pela Covid-19.

O HSJ conta com consultório 24 horas para emergência em doenças infecciosas, incluindo atendimento a pessoas soropositivas que estão com alguma comorbidade ou pessoas soronegativas que tiveram exposição ao vírus.

Veja Mais