Coberturas
Fernando Hugo reprova uso político da pandemia do coronavírus
Home Últimas Notícias Fernando Hugo reprova uso político da pandemia do coronavírus

Deputado Fernando Hugo

O deputado Fernando Hugo (PP) defendeu, durante o primeiro expediente da sessão plenária da Assembleia Legislativa desta terça-feira (17/03), que não haja politização em relação à pandemia do coronavírus.

Para o parlamentar, diante de uma tragédia de saúde pública mundial, não se pode tolerar que qualquer vereador, congressista ou chefe de Estado tente tirar proveito político da situação.

“O mundo todo hoje se veste de um só desejo, partindo de todos os continentes, que é buscar no mais breve espaço de tempo um controle do quadro de pandemia”, salientou Fernando Hugo.

Segundo ele, o momento é de se unir no combate ao vírus, o considerando extremamente democrático. “Ele agride a população de municípios ricos e pobres, demonstrando a força pandêmica de uma doença que, felizmente, tem uma letalidade propiciada baixa”, apontou.

O deputado também assinalou que o Procon Assembleia está atento para alguns abusos que estão sendo cometidos em relação à comercialização de itens preventivos ao vírus. “Vemos um problema que explicita toda a mesquinharia de alguns seres humanos que agem como verdadeiros abutres, com farmácias, drogarias e comércios quintuplicando preços de materiais como sabão, sabonete e álcool em gel”, criticou Fernando Hugo.

De acordo com  o parlamentar, é uma exploração exorbitante da miséria humana. “Não sabe esse insensato comerciante que dessa exorbitância toda o lucro não vai dar nem para o enterro dele ou de um familiar”, pontuou.

Em aparte, o deputado Carlos Felipe (PCdoB) alertou que o coronavírus não é brincadeira e que não dá para minimizar as consequências.

“O importante no momento é controlar para que o Brasil não tenha um pico da epidemia, dando tempo para as secretarias de saúde se estruturarem”, avaliou o deputado.

O deputado Delegado Cavalcante (PSL) destacou as ações do Governo Federal no enfrentamento à pandemia. “Ontem foi criado um comitê de crise para supervisionar e acompanhar os impactos do coronavírus. Além disso, foram liberados recursos para os Estados para que medidas emergenciais sejam tomadas”, enfatizou.

O deputado Acrísio Sena (PT) concordou que não é momento de politizar a questão. “É um momento de enfrentamento da doença, mas não podemos deixar passar em branco que, após uma orientação da Organização Mundial de Saúde (OMS) para que sejam evitadas aglomerações, o site oficial da Presidência da República mobilize a população para um ato como o do último domingo (15/03)”, lamentou.

O deputado Romeu Aldigueri (PDT) reforçou que é hora de unir a nação brasileira, pois muitas pessoas ainda não têm dimensão da gravidade do problema.

Já o deputado Vitor Valim (Pros) parabenizou as autoridades federais e estaduais que estão agindo e tomando as medidas necessárias para o controle da pandemia.

Veja Mais