Coberturas
Educação: sistema desenvolvido pela SME reduz evasão escolar em Fortaleza
Home Últimas Notícias Educação: sistema desenvolvido pela SME reduz evasão escolar em Fortaleza

Escola Municipal Professor Luis Costa no bairro Luciano Cavalcante em Fortaleza

 

O Sistema de Busca Ativa, metodologia desenvolvida pela Secretaria Municipal de Educação de (SME), se tornou um mecanismo importante que atua como instrumento para erradicação da evasão escolar. O Busca Ativa utiliza de estratégia própria para o acompanhamento diário da frequência escolar dos estudantes da Capital.

Importante salientar que, conforme o Censo Escolar, entre os anos de 2008 e 2018, houve redução de 93,8% do abandono no Ensino Fundamental, e o índice de abandono registrado em 2019 foi de apenas 0,4%. As respostas positivas na área educacional de Fortaleza demonstram que as ações implementadas pela atual gestão são eficazes.

De acordo com o secretário adjunto de Educação, Jefferson Maia, o ‘Busca Ativa’ é um sistema inovador, eficaz e, principalmente, sustentável e foi desenvolvido pelos servidores da secretaria. “O sistema garante acompanhamento em tempo real, que permite intervir de forma a garantir que a criança tenha seu tempo escolar protegido, que as faltas sejam mínimas e que haja a erradicação do abandono escolar em Fortaleza”, disse o secretário.

Como o sistema Busca Ativa atua:

✅ Acompanha a frequência dos alunos do infantil I à Educação de Jovens e Adultos (EJA);

✅ Possibilita o registro das estratégias tomadas em relação aos alunos;

✅ Comunicação com a família (por telefone);

✅ Com o estudante (se maior de idade);

✅ Envio de comunicado escrito;

✅ Visita domiciliar.

Se esgotados os meios de busca do estudante pela unidade de ensino, após dez dias sem contato, é realizado o envio de ofício ao Conselho Tutelar.

Para a inserção do método nas escolas, há qualificação dos gestores e técnicos escolares para atuarem no sistema. “Além disso, temos uma equipe de Busca Ativa que presta suporte às escolas, cada distrito tem um articulador e seis agentes exclusivos para esse trabalho de estar em contato com as escolas e as famílias, além da superintendência escolar, que é a grande gestora do projeto”, relatou o secretário adjunto.

Pandemia

Durante o ano de 2020, devido a pandemia pelo novo coronavírus, as aulas presenciais foram suspensas e passaram a ocorrer em casa via plataforma online com a execução das atividades domiciliares. A Busca Ativa Escolar continua atuando, monitorando a participando na realização das atividades em domicílio e apoiando a efetivação da aprendizagem.

Termo de Cooperação

Assinado o termo de Cooperação Técnica que tem por objeto a implementação de ações conjuntas entre a Secretaria Municipal da Educação, Secretaria Municipal da Saúde, Secretaria Municipal de Direitos Humanos e do Desenvolvimento Social e Secretaria Estadual da Educação para que assegurem, de forma permanente, a Busca Ativa de crianças e jovens fora da escola na Rede Municipal e Estadual em Fortaleza, e promovam os encaminhamentos e atendimentos pertinentes a cada instituição, com o acompanhamento do Ministério Público do Ceará.

Governo do Estado do Ceará distribui tablets para estudantes e universitários

>> Alunos de escolas e universidades estaduais receberão chips de dados de internet móvel

Com índices na educação que colocam o Ceará como o segundo Estado com as melhores escolas públicas de Ensino Médio no Brasil, o governador Camilo Santana segue investindo na qualidade do ensino e apostando em inovação e tecnologia como premissa relevante para os estudos de crianças e jovens cearenses.

Como já anunciado por Camilo Santana em novembro, cerca de 347 mil estudantes da Rede Estadual de Educação e Universidades receberão tablets e chips gratuitamente. A franquia de 20 GB disponíveis mensalmente vai garantir conectividade, conhecimento e informação. A medida visa melhores condições de acesso ao ensino remoto implementado por conta da Covid-19.

O governador Camilo Santana encaminhou Projeto de Lei à Assembleia Legislativa para que a medida seja votada entre os parlamentares. “Os critérios de distribuição estão sendo definidos, mas já adianto que os alunos que ingressarem no 1° ano do ensino médio em 2021 receberão tablet”, disse o governador.

Veja Mais