Coberturas
Coronavírus: Transportes públicos de Fortaleza passam por higienização
Home Últimas Notícias Coronavírus: Transportes públicos de Fortaleza passam por higienização

O fortalezense, atento as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS), orienta aos indivíduos que evitem locais com grande aglomeração, preocupa-se quanto a mobilidade para os seus locais de trabalho e o risco de contaminação pelo Coronavírus. Em entrevista coletiva na tarde da última segunda-feira (16), o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT), atentou para a intensificação da limpeza dos transportes coletivos da cidade.

De acordo com a nota emitida pelo Sindiônibus, juntamente com a Prefeitura de Fortaleza, as higienizações dos ônibus já são realizadas diariamente em toda a frota e serão, a partir de agora, intensificadas como medida de prevenção ao novo Coronavírus. As janelas de todos os veículos, inclusive com ar-condicionado, ficarão abertas para que o ar circule e também evite a redução da temperatura. “A população pode ficar tranquila em relação à operação do transporte público, que atenderá sempre com frota suficiente à demanda”, reforçou o órgão.

Foto: Mateus Dantas

Luiz Alberto Sabóia, Secretário Executivo de Conservação e Serviços Públicos, apontou as ações realizadas na frota de transporte coletivo na cidade de Fortaleza. “Os veículos já recebem uma limpeza e passam agora por uma higienização sanitária para inativar qualquer tipo de vírus ou microrganismos no interior do veículo. A limpeza será em todas as superfícies e isso acontecerá uma vez por dia em toda a frota. A ação é coordenada pelas empresas e supervisionadas pela Etufor. A partir de amanhã, quarta-feira, os ônibus circularão com as janelas abertas, pois parte da frota da cidade tem ar-condicionado e são fixas e passarão por um ajuste para que possa abrir, recomendação da Secretaria da Saúde.

Ainda segundo o Secretário Executivo, algumas ações irão ocorrer nos sete terminais de Fortaleza (Antônio Bezerra, Conjunto Ceará, Lagoa, Messejana, Papicu, Parangaba e Siqueira), como a limpeza do corrimão das escadas, a instalação do dispenser com álcool em gel à disposição dos usuários, serviço de informação sobre o coronavírus, a central de medicamentos disponibilizarão orientadores para informar à população.

Foto: Mateus Dantas

Usuários do transporte coletivo

Segundo a dona de casa, Sílvia Barbosa Cruz, 42, a situação está cada dia mais difícil, por isso é necessário que as pessoas tenham cuidado. Quanto as medidas de prevenção ela disse que tem lavado as mãos sempre que possível, usando álcool gel e máscaras. “Estou tendo cuidado de não pegar em superfícies onde muitas pessoas tocam e se tiver que pegar, logo higienizo”, disse.

Já Milena Silva, 42, que pega transporte coletivo todo o dia, disse que tem evitado aglomerações, contato físico com pessoas desconhecidas e tocar em locais muitos manuseados por outras pessoas. “Além disso tenho sempre frasco de álcool gel na bolsa e tenho utilizado máscara”. Indagada sobre a limpeza dos coletivos, disse que eles têm que ser higienizados pelo menos duas vezes ao dia. “As vezes encontramos os ônibus tão sujos. Creio que isso não seja uma preocupação dos donos das empresas, mas diante da situação atual entendo que é uma ação que deve ser priorizada”,atentou.

ASCOM/CMFOR

Veja Mais