Últimas Notícias
Biblioteca Pública Estadual do Ceará é reinaugurada com novos espaços e mais de 100 mil títulos disponíveis
Home Últimas Notícias Biblioteca Pública Estadual do Ceará é reinaugurada com novos espaços e mais de 100 mil títulos disponíveis

 

O Governo do Ceará reinaugurou, nesta quinta-feira (12), a Biblioteca Pública Estadual do Ceará (BECE). O equipamento foi totalmente reformado, ampliado e modernizado e conta com mais de 100 mil exemplares disponíveis no acervo. O acesso à BECE será apenas mediante agendamento online a partir desta sexta-feira (13) no site www.bece.cultura.ce.gov.br. O evento foi transmitido de forma virtual e contou com a presença do governador Camilo Santana, da vice-governadora Izolda Cela, da primeira-dama do Ceará, Onélia Santana, do secretário da Cultura do Estado, Fabiano Piúba, da secretaria de Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos (SPS), Socorro França, do presidente da Assembleia Legislativa, Evandro Leitão, e do secretário de Cultura de Fortaleza (Secultfor), Elpídio Nogueira.

A partir dessa reabertura física, seguindo todos os protocolos de retomada do setor cultural em período de pandemia, o equipamento oferece serviços, por meio de atendimento presencial, como consulta de acervo, empréstimo de livros e visitas guiadas. Na primeira fase, a Biblioteca volta a receber o público de forma gradual, com 50% da capacidade de atendimento em seis setores: Obras Raras, Periódicos, Microfilmagem, Obras Gerais, Obras Gerais – Coleção Ceará, Artes e Iconografia e Atualidades. Aos 154 anos, a Biblioteca volta a funcionar como um espaço não só de acesso aos livros, mas também à informação, às artes, à cultura e ao conhecimento, integrado com o Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura (CDMAC) e dialogando com as políticas de livro, leitura e literatura da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult-CE).

Camilo Santana explicou na transmissão ao vivo que o espaço reformado já estava pronto desde março de 2020, mas devido à pandemia, tudo teve de ser reagendado. “Estamos entregando aqui um espaço cultural de suma importância para os cearenses. Ficou muito bonito, com desenho atrativo, conectado com o tempo atual, mas sem esquecer do passado, com um acervo que é um dos maiores do mundo. Tudo já estava pronto desde antes da pandemia começar. Iríamos reinaugurá-lo em 25 de março, no aniversário de 153 anos do equipamento e, mais de um ano depois, finalmente reabrimos as portas da BECE. Como estamos ao lado do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, o local passou por uma grande construção que nos leva a ter agora a conectividade com o Dragão do Mar, incluindo um novo anfiteatro ao ar livre e espaços em comum, com mais segurança e conforto a todos”, mostrou o governador ao passear pelo ambiente que interliga os dois equipamentos culturais.

O investimento do Governo do Estado do Ceará na reforma e modernização da Biblioteca Pública, por meio da Secult, foi de R$ 21.671.697,79, sendo R$ 11.348.762,75 destinados à obra estrutural e R$ ‭10.322.935,04‬ à modernização, incluindo a aquisição de equipamentos, mobiliário, ambientação e acervo. Também foram investidos R$‭ 2.846.362,95‬ na obra de integração da Biblioteca com o Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura.

“A BECE tem uma longa história na promoção da cultura, da educação e do conhecimento. São 154 anos de existência. Portanto, esta reabertura é uma reinauguração do equipamento cultural mais antigo em funcionamento no Ceará. O que o Governo do Estado executou foi uma reforma estrutural e modernização de seu conceito, programa e de uma arquitetura interna mais livre e democrática no acesso ao livro, formação leitora, ao conhecimento e à fruição criativa. Tudo isso, considerando o legado de seu percurso histórico. Esta entrega é fruto de um investimento econômico governamental e de um capital humano que reabre a Biblioteca Pública como patrimônio cultural e memória afetiva, mas também como um lugar de criação e inventividade, de pesquisa e construção do conhecimento com uma programação cultural e educativa em conexão com Fortaleza, o Ceará, o Brasil e o mundo”, enfatiza o secretário Fabiano Piúba.

Veja Mais