Coberturas
Aprece realiza novos Seminários Técnicos com secretários de Finanças e Saúde
Home Últimas Notícias Aprece realiza novos Seminários Técnicos com secretários de Finanças e Saúde

 

Os secretários municipais cearenses continuam participando dos Seminários Técnicos da Aprece. Na última terça-feira (13), aconteceram a sétima e a oitava edição da iniciativa, contemplando a área de Gestão e Finanças, no período da manhã, e os gestores da Saúde, na parte da tarde. Prosseguindo até o começo de maio, sempre às terças-feiras, a iniciativa tem como objetivo promover a integração com os secretários cearenses para dialogar sobre o papel da entidade no apoio aos municípios, fomentando o fortalecimento da rede colaborativa em cada área que compõe a gestão local e levando capacitações técnicas específicas.

Os dois seminários desta semana foram abertos pelo vice-presidente da Aprece, José Helder de Carvalho (Zé Helder), que enfatizou a importância dessa ação da entidade, não só para aproximar os gestores e mostrar o trabalho em prol dos municípios, mas principalmente pela oportunidade de levar capacitação e conhecimento para os secretários e gestores. Ele representou, na oportunidade, o presidente da entidade, Júnior Castro.

Ao dar início ao Seminário de Gestão e Finanças, Zé Helder salientou que é fundamental vincular os benefícios e serviços prestados pelo poder público local para que a população compreenda a importância do pagamento de tributos e seja parceira da gestão. Na abertura do Seminário da Saúde, o vice-presidente ressaltou os desafios impostos pelo atual momento da pandemia e frisou que essa também é uma oportunidade de superação e aprendizado, de modo que todos possam fazer gestão pública com mais eficiência e resolutividade.

A coordenadora da Escola de Gestão Pública Municipal (EGPM/Aprece), Helderiza Queiroz, fez uma apresentação do trabalho institucional realizado pela entidade ao longo de seus 53 anos de atuação. Em ambos os seminários, ela apresentou cada um dos setores da Aprece e seus profissionais responsáveis. No seminário da tarde, os participantes receberam as boas-vindas do Coordenador Administrativo Financeiro da Aprece, Glauber Bessa, que colocou a entidade à disposição de todos, de modo a colaborar com tudo o que for necessário para a progressiva melhoria das gestões. Quem acolheu os secretários de Saúde no segundo seminário do dia, foi a Coordenadora Técnica da Aprece, Rafaele Saraiva, que fez uma apresentação sobre a área, falou sobre o funcionamento das Redes Técnicas e demais instrumentos de atuação da entidade. O consultor em Saúde da Aprece, João Ananias Vasconcelos, enfatizou as ações da entidade na área, ressaltando seu papel fundamental para as gestões na crise gerada pela pandemia.

Gestão e Finanças

A palestra técnica do primeiro Seminário Técnico desta terça-feira (14), foi ministrada pelo consultor da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Eduardo Stranz, que repassou dicas e ações fundamentais na área de arrecadação. De acordo com ele, a primeira grande tarefa de cada gestor ao assumir o município deve ser verificar quais são os sistemas e cadastros existentes. “É fundamental organizar os cadastros dos impostos municipais e verificar se eles ‘conversam’ entre si, se as informações estão interligadas”, afirmou.

Em sua palestra, Eduardo Stranz detalhou informações sobre a cobrança de impostos municipais como IPTU, ITBI, ITR, entre outros. Ele também ressaltou a importância do monitoramento das grandes arrecadações federais e estaduais, como FPM e ICMS. “Os secretários devem acompanhar de perto, controlar, entender as variações, fazer planejamento. Isso faz a diferença no dia a dia da gestão”, pontuou.

Confira AQUI a apresentação completa do palestrante.

Saúde

A palestrante do Seminário Técnico da Saúde foi a assessora técnica de Saúde da CNM, Carla Albert. Ela iniciou sua fala, citando a luta por uma política nacional básica de Saúde e todas as lutas municipalista da área, frisando que é fundamental o engajamento de todos. A palestra dela foi focada na questão do planejamento em Saúde e a interconexão com as demais políticas sociais, ações que classificou como primordiais para uma gestão efetiva na área. Também salientou a importância da comunicação interna e externa, dos instrumentos de planejamento, da compreensão territorial e da ação junto ao controle social. Entre os diversos assuntos abordados, ela repassou detalhes importantes sobre o Relatório Anual de Gestão e Conselho Municipal de Saúde.

Durante o Seminário, o responsável pela carteira de clientes institucionais da ENEL/CE, Ruy Magno, conversou com os palestrantes sobre o fornecimento de energia elétrica para os pontos de armazenamento e aplicação de vacinas. Ele falou sobre a obrigatoriedade da dotação de geradores próprios de energia elétrica pelos Hospitais, Unidades Mistas de Saúde, Hospitais de Referência Regional e Municipal e Hospitais Terciários, considerando o sistema de energia pública existente e sobre o serviço essencial para priorização de reestabelecimento de energia, entre outras informações. Confira AQUI a apresentação.

Confira os dois Seminários Técnicos da Aprece da última terça-feira (13):

 

Veja Mais