Coberturas
Vereadores de Fortaleza doam parte dos salários para Fundo Municipal da Saúde durante a pandemia de coronavírus
Home Últimas Notícias Vereadores de Fortaleza doam parte dos salários para Fundo Municipal da Saúde durante a pandemia de coronavírus

 

A Câmara Municipal de Fortaleza regulamentou, através Ato da Mesa Diretora publicado no último dia 13 de abril autorização que permite aos parlamentares destinação de parte dos seus salários para medidas de prevenção ou tratamento da Covid-19. Já na folha de abril, o valor somado da doação dos vereadores chegou a aproximadamente R$ 82 mil que foram repassados ao Fundo Municipal de Saúde.
Cada parlamentar apresentou, voluntariamente, a porcentagem que foi descontada.

O valor deverá ser destinado, conforme orientação dos parlamentares, para a compra de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para os profissionais da rede pública de saúde, que atuam no enfrentamento ao coronavírus.

O presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, Antônio Henrique (PDT), entende a atitude como mais um esforço Casa para contribuir com soluções para a pandemia. “Nós, vereadores, estamos reforçando nossa atividade legislativa, propondo e votando projetos para apoiar os fortalezenses neste momento. Mas não é só isso. Com esse repasse, estamos reforçando também nosso papel como cidadãos, preocupados com essa situação que Fortaleza e o mundo todo vive”, declarou.

De acordo com Antônio Henrique, a proposta de encaminhar o valor para o Fundo Municipal da Saúde, no mês de abril, surgiu por consenso do Colégio de Líderes. “Caso a crise se prolongue, temos o compromisso de reunir novamente os líderes partidários da Casa e debater o destino da verba para o mês seguinte. Essa será uma prática nossa até o fim dessa situação, porque entendemos o nosso compromisso com o povo e com aqueles que estão na linha de frente no enfrentamento dessa pandemia”, afirmou.

Esse é o segundo mês consecutivo que a Câmara Municipal de Fortaleza recolhe doações provenientes dos salários do vereadores. Em março, os parlamentares destinaram parte dos seus salários para a compra de cestas básicas que foram repassadas para o movimento Supera Fortaleza, com foco no apoio a profissionais autônomos que estavam impedidos de trabalhar em razão das medidas de isolamento social.

Veja Mais