Coberturas
TJCE aprova empréstimo de US$ 35 mi para modernizar o seu atendimento
Home Últimas Notícias TJCE aprova empréstimo de US$ 35 mi para modernizar o seu atendimento

 

O TJCE, em parceria com o Governo do Ceará, aprovou junto ao Ministério da Economia um empréstimo de US$ 35 milhões com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), que serão investidos na modernização do Poder Judiciário estadual, nos próximos cinco anos, no Programa de Modernização (Promojud) do Tribunal de Justiça.

Ele beneficiará, principalmente a população que busca o Judiciário para solucionar suas demandas, pois terá à disposição uma estrutura de serviços mais eficiente e ágil com a implantação de projetos digitais que aperfeiçoarão a gestão da Justiça.

“Nosso projeto de modernização engloba inovação e tecnologia, com o objetivo de tornar a prestação de serviço ofertada pelo Judiciário mais célere e produtiva. Festejo a aprovação deste empréstimo, porque sei que o cidadão que procurar a Justiça será melhor assistido, além de contribuir para o desenvolvimento do Tribunal”, destacou o presidente do TJCE, desembargador Washington Araújo.

O dinheiro será aplicado em transformação digital e inteligência artificial para aprimorar o atendimento ao cidadão, com processo judicial célere e infraestrutura tecnológica modernizada. Inovação tem sido o principal foco do TJCE nos últimos anos, com a realização de teleaudiências e trabalhando com processos eletrônicos e automatizados.

O valor do empréstimo que será investido no Judiciário cearense terá custo zero para o TJCE. “O Poder Executivo, por meio do Governo do Estado, está contratando esse empréstimo e destinando o valor para o Plano de Modernização do Judiciário. É o Executivo quem vai pagar esse valor”, explicou o secretário de Finanças do Tribunal, Marcus Coelho.

Promojud

O Promojud visa a modernização do Poder Judiciário, principalmente ancorado em transformação digital para melhorar o atendimento à população. Ele está baseado em dois componentes: governança e gestão judiciária, e transformação digital para o aprimoramento do cidadão. Este último terá 80% dos investimentos previstos.

Veja Mais