Coberturas
TeleSaúde recebe em média 4.700 ligações por dia
Home Últimas Notícias TeleSaúde recebe em média 4.700 ligações por dia

A pandemia do coronavírus (Covid-19) requer ações imediatas e estratégias inovadoras. Pensando nisso, o Governo do Ceará criou o TeleSaúde, central de atendimento telefônico para esclarecer dúvidas da população sobre a doença. Coordenado pela Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) e pela Escola de Saúde Pública Paulo Marcelo Martins Rodrigues (ESP/CE), o serviço é gratuito e funciona 24h.

Em média, os 150 canais de atendimento recebem cerca de 4.700 chamadas diariamente. As dúvidas mais frequentes estão relacionadas aos sintomas da doença. Mais da metade (57%) das ligações são de pessoas com idade entre 31 e 41 anos. As mulheres procuram o serviço com mais frequência (62%).

A diretora de pós-graduação em Saúde da ESP/CE, Olívia Bessa, avalia que o contato telefônico oferece alívio à população. Na maioria dos casos, a orientação é que o paciente mantenha o isolamento social para evitar a transmissão do vírus e monitore a evolução do quadro de saúde.

“Somente pessoas que apresentam sinais de alerta, como desconforto respiratório, devem buscar uma unidade de saúde”, explica Bessa. Até o momento, 21% dos cidadãos que contataram o serviço telefônico foram aconselhados pelos atendentes a procurarem atendimento médico.

Treinamento

Os call centers receberam treinamento de especialistas da ESP/CE sobre Covid-19. Os profissionais estão preparados para lidar com cada caso atendido, uma vez que é frequente a ocorrência de gripes comuns e resfriados nesta época do ano.

Além disso, o serviço telefônico é monitorado por uma equipe de retaguarda da ESP/CE. São 23 profissionais de saúde, entre enfermeiros e fisioterapeutas, que estão de plantão para dar suporte ao teleatendimento. “Nenhuma ligação fica sem resposta. Existe todo um empenho para que a população tenha informação clara e precisa, algo fundamental neste momento de pandemia”, esclarece Olívia Bessa.

Serviço

TeleSaúde: 0800 275 1475

Veja Mais