Coberturas
Tadeu Oliveira sugere apoio de TVs no fomento ao empreendedorismo
Home Últimas Notícias Tadeu Oliveira sugere apoio de TVs no fomento ao empreendedorismo

 

Dep. Tadeu Oliveira ( PSB )

O deputado Tadeu Oliveira (PSB) sugeriu, no primeiro expediente da 27ª sessão ordinária da Assembleia Legislativa, realizada por sistema remoto e presencial, nesta quinta-feira (06/08), a produção e exibição de conteúdo voltado para pequenos e microempreendedores cearenses pelos canais televisivos estatais, como TV Assembleia e TV Ceará.
A sugestão do parlamentar foi proposta em requerimento apresentado à Casa, no intuito de fomentar o empreendedorismo cearense, capacitando-o principalmente para as novas formas de comercialização em meio à pandemia da Covid-19. “Segundo o Sebrae, no início de março, o Ceará contabilizava 265 microempresas individuais e 180 mil pequenas empresas, gerando cerca de 540 mil empregos, ou seja, 50% da empregabilidade do nosso Estado. No final de abril, 4% fecharam as portas, representando quase 18 mil empresas”, informou.
Tadeu Oliveira ponderou que o impacto da pandemia pode até ser considerado pequeno, uma vez que 44% dessas empresas só paralisaram suas atividades nos meses exigidos e 43% conseguiram se adaptar ao momento, ofertando a venda online e o serviço de delivery, aumentando o faturamento. “Agora, com a reabertura da economia, podemos colaborar para a capacitação e adaptação dessas outras empresas. Se eles estiverem melhores qualificados, podem crescer nos seus segmentos. O cearense é trabalhador, inovador e precisa do nosso incentivo”, acrescentou.
Para o deputado, a proposta de exibir nos canais estatais programas de conteúdo voltado para pequenos e microempreendedores aumentaria o acesso à informação que é predominante na internet, mas que nem todos estão familiarizados. “Poderemos ter debates, entrevistas, mostrar o potencial do empreendedor cearense. Apesar de termos o conteúdo na internet, nem todo mundo domina ainda esse universo. A TV é um meio mais acessível e poderá   replicado esse conteúdo para as outras mídias”, avaliou.
Em aparte, o deputado Sérgio Aguiar (PDT) analisou os dados apresentados pelo colega como um reflexo de uma perda significativa para a economia do Estado. “Foram 18 mil empresas que fecharam as portas e com elas várias oportunidades de trabalho. Nesses primeiros dias, o Governo deve lançar programa de atração de novos negócios, justamente para esses empreendedores que movimentam tanto a nossa economia”, salientou.
Veja Mais