Coberturas
Sessão Solene homenageia o Dia do Administrador e entrega título de cidadão a Leonardo José Macêdo
Home Últimas Notícias Sessão Solene homenageia o Dia do Administrador e entrega título de cidadão a Leonardo José Macêdo

A Câmara Municipal de Fortaleza realizou Sessão Solene, na última segunda-feira (23), em homenagem ao Dia do Administrador, proposta pelo requerimento 3435/2019; e a entrega do Título de Cidadão de Fortaleza ao Senhor Leonardo José Macêdo, concedido pelo decreto Legislativo Nº 860 de 14 de novembro de 2018. As duas homenagens foram propostas pelo vereador Ésio Feitosa (PPL).

A solenidade foi presidida pelo próprio vereador Ésio Feitosa, no ato representando o presidente do Legislativo Municipal, Antônio Henrique (PDT). A mesa de honra foi composta pelas seguintes autoridades:
Leonardo José Macêdo, presidente do Conselho Regional de Administração e homenageado da noite; pelo presidente da Academia Cearense de Administração, João Alves de Melo; presidente da Associação dos Administradores do Estado do Ceará, Josué Sucupira Barreto; presidente do CRA-Mulher, Rita Maria Silveira da Silva; atual conselheiro federal e ex-presidente do CRA, Francisco Rogério Cristino; vereadora Cláudia Gomes (PTC) e o deputado estadual Guilherme Landim (PDT).

Em sua saudação ao homenageado e aos presentes, o vereador Ésio Feitosa, destacou os inúmeros serviços prestados por Leonardo Macedo, não só à Fortaleza, mas para o Estado do Ceará. Após ler o currículo do homenageado, o vereador passou a tecer comentários sobre o dia do administrador: “Pelo terceiro ano consecutivo solicito essa homenagem, que comemora 54 anos do reconhecimento dessa profissão, que tem um papel importante na sociedade brasileira. É uma profissão muito antiga, anterior ao surgimento escrita há 6 mil anos”, comentou.

Disse que no século XVII, os administradores estavam presentes nas esquadras inglesas, orientando e direcionando nas conquistas marítimas. “Cito Jesus como exemplo perfeito de administrador, pois com 12 homens construiu a maior religião do mundo. Tenho a alegria em promover esse reconhecimento aos administradores e desejo que tenham, o mais breve possível, seu advento”, pontuou.

“Hoje ao comemorar aos 54 anos da regulamentação da profissão, quero enaltecer a todos os profissionais que não medem esforços para apresentar a solução dos problemas das gestões, com técnicas e estudos apurados. Nesta noite, Fortaleza enaltece a cada administrador e a cada administradora por esse dia. Por isso, convido a todos a ficarem de pé para uma calorosa salva de palmas aos profissionais administradores”, concluiu, seguido das palmas da plateia.

Em seguida, Ésio fez a entrega do título de cidadão de Fortaleza ao homenageado da noite, que ato contínuo agradeceu a homenagem. “Hoje recebemos essa singela homenagem, mais uma vez, por iniciativa do vereador Ésio Feitosa. São 54 anos re regulamentação. Ressalto a importância histórica da assinatura da lei pelo presidente cearense Humberto de Alencar Castelo Branco, em 9 de setembro de 1965. Vale destacar o trabalho de homens e mulheres que lutaram por aquela lei naquela época”, disse.

“Ressalto aqui, o bem que ela tem feito, o que ela fez, faz e poderá fazer pelo País, sem menosprezar outras profissões. Mas qual a profissão que estuda os meios e propõe processos quase cirúrgicos para o desenvolvimento das gestões? É isso que a administração tem feito. Estamos aqui para comemorar esses heróis anônimos”, avaliou.

“Antes escassos, hoje, são centenas de cursos de administrações no País. Mas o Ceará foi pioneiro, pois sua escola de Administração foi a segunda do país, há 60 anos, e foi precursora da Uece. Os conselhos profissionais foram criados para fiscalizar, cuidar da sociedade e defendê-la de leigos e pessoas de má-fé. Neste ano foram mais de 2 mil editais fiscalizados e mais de 150 impugnados, por não garantirem a vaga do administrador. Por isso é que existe o CRA para normatizar e garantir as vagas dos administradores”, revelou.

Disse que tem defendido a qualificação e esclarece que o CRA do Ceará é um dos únicos conselhos a oferecer um curso de pós-graduação. No ano passado fizemos uma parceria com a URCA e entregamos 100 diplomas de pós-graduação em planejamento de Gestão Pública. Em paralelo, entregamos também 55 certificados de capacitação a micro e pequenas empresas. Assim o mercado recebe profissionais devidamente capacitados. Esse processo tem um pai, o presidente do Conselho Federal de Administração. Mas quem mais lucra é a nossa sociedade”, analisou.

Destacou, ainda, a valorização da CRA-Mulher, que é pioneira no Brasil. “Temos os Planos de Gestão Pública que apresentam ‘case’ de sucesso. Ainda realizamos nossa quarta edição do fórum de administração que terá discussão de melhoria do ensino de administração. Paralelo a isso, trago para cá com muita tristeza, a proposta do atual governo de acabar com toda essa conquista, falo do projeto de emenda constitucional 108 que vem acabar com os conselhos profissionais e com a fiscalização e normatização profissional”, asseverou.

Disse que sem normatização ninguém precisa mais fazer faculdade de administração e contabilidade. Entende que sem os conselhos, a sociedade fica totalmente desprotegida. “Os administradores hoje se capacitam, fazem mestrado, doutorado, para oferecer o melhor serviço para a sociedade. Sem os conselhos poderemos ter charlatões e maus profissionais, pois não existirá mais fiscalização”, argumentou.

No final agradeceu a Câmara pela homenagem; “a essa casa faço minhas homenagens ao presidente Antônio Henrique e ao vereador Ésio Feitosa, que digo sempre é o advogado dos administradores do Ceará. Natural de Brejo Santo, como tantos outros vim para Fortaleza para estudar. Essa terra me acolheu, aqui conheci minha esposa Poliana e tivemos nossos filhos. Hoje essa casa me agracia com o Título de Cidadão, que só oficializa o que meu coração admite, sou tanto de Fortaleza como sou do meu Cariri! A todos muito obrigado!”, concluiu.

Em seguida, foram iniciadas as homenagens da noite aos seguintes administradores, com certificados: Alexandre Magno Barros; Eliane Helena Façanha Braga; Josimar Sousa Maciel; José Albuquerque Costa; Luíza Cristina de Alencar Rodrigues; Maria de Fátima Borges Duarte; Tereza Madalena Cirino Matos; Aline Telles Chaves; Pedro José Castelo; e as homenagens póstumas a João Marinho de Andrade Neto e Nilse Maria Freire Batista Vieira.

Foram feitas, ainda, homenagens às entidades: Conselho Regional de Administração, representado pelo seu presidente Leonardo José Macêdo; Academia Cearense de Administração, na pessoa de João Alves de Melo; Associação dos Administradores do Ceará, na pessoa de Josué Sucupira Barreto.

Tereza Madalena Cirino Matos falou em nome dos homenageados pelo Dia do Administrador. “Quero agradecer ao presidente Antônio Henrique e ao vereador Ésio Feitosa pela homenagem, que é muito importante para nós, principalmente as mulheres, que tanto batalham no dia a dia para afirmarem-se na profissão. Precisamos de mais reconhecimentos como esse para que nossa profissão seja reconhecida por seu real valor. Boa noite e muito obrigada!” finalizou.

Veja Mais