Coberturas
SENAI Ceará finaliza primeiras turmas do Procap e certifica 60 internos de unidade prisionais
Home Últimas Notícias SENAI Ceará finaliza primeiras turmas do Procap e certifica 60 internos de unidade prisionais

 

Na última segunda-feira (5/10), foram concluídas as três primeiras turmas do Programa de Capacitação Profissional e Implementação de Oficinas Permanentes (Procap). Depois de 160 horas de aulas teóricas e práticas, 60 alunos foram certificados para as ocupações de Serralheiro Metais Ferrosos e Costureiro Industrial.

O Procap tem como objetivo a reinserção de pessoas privadas de liberdade na sociedade, por meio da qualificação profissional, com a oferta de vagas em cursos de qualificação profissional em diversos segmentos tecnológicos. O presidente da FIEC, Ricardo Cavalcante, assinou a parceria entre o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI Ceará) e a Secretaria de Administração Penitenciária (SAP), para a execução das aulas, no último dia 21/9.

As primeiras turmas finalizadas foram da Unidade Prisional Professor José Sobreira de Amorim; do Centro de Execução Penal e Integração Social Vasco Damasceno Weyne (CEPIS); e do Instituto Penal Professor Olavo Oliveira II (IPPOO II).

Na ocasião, os alunos vibraram com a certificação e elogiaram os docentes do SENAI Ceará, Thiago Ferreira, Isaias Tertulino e Camila Mara, responsáveis pelas aulas.

Sobre o projeto

No total, serão capacitados 3.600 alunos, distribuídos em oito unidades prisionais, localizadas na Região Metropolitana de Fortaleza, Sobral e Juazeiro do Norte. A ação é mais uma etapa do projeto Sou Capaz, que capacitou 4 mil internos em 2019.

Em 2019, os atendimentos foram realizados nas instalações de unidades prisionais localizadas nas cidades de Itaitinga, Pacatuba, Sobral, Juazeiro do Norte e Aquiraz. O SENAI Ceará disponibilizou sua estrutura docente, material didático, equipamentos, unidades móveis, utensílios e insumos para a realização dos cursos.

No primeiro ano de projeto Sou Capaz foram ofertadas ao todo 188 turmas que somaram um total de 4 mil vagas e um investimento de R$ 2,7 milhões.

Veja Mais