Coberturas
Secretário adjunto de Educação do município de Fortaleza Jefferson Maia faz um balanço do ano 2017 e comemora os números de crescimento na pasta.
Home Coberturas Secretário adjunto de Educação do município de Fortaleza Jefferson Maia faz um balanço do ano 2017 e comemora os números de crescimento na pasta.

O secretário adjunto da Educação de Fortaleza Jefferson Maia, esteve presente no quinto prefeitura e Câmara em seu bairro, no último sábado dia 28 de outubro. Com stand  da educação montado para esclarecer as dúvidas da população e, principalmente, ouvir as demandas e prioridades da comunidade da Regional IV, o secretário  em entrevista ao Programa do Rubão do site Webfest,  falou dos números positivos alcançados no ano de 2017, reafirmou o compromisso de prioridade na pasta do prefeito Roberto Cláudio, da secretaria Dalila Saldanha de Freitas  e a dedicação dos servidores da educação para alcançar os níveis números. O secretário-adjunto falou que a Educação de Fortaleza  desde o ano de 2013 vem aumentando todos os índices que avaliam a qualidade da educação no município. Falou também que foram feitas ampliações de matrícula visando aumentar o número de estudantes atendidos pela rede de ensino, além de melhorada a alfabetização das crianças, sendo que tais números já foram observados a partir do último SPAECE, pois antes da Gestão Roberto Cláudio o número de escolas com o nível considerável adequado de aprendizagem eram apenas 20 e atualmente a rede já conta com 196 escolas.

Para o secretário-adjunto esse crescimento considerável faz com que a população tenha novos olhares sobre a educação municipal. É antes de tudo o fortalecimento da confiança na educação do município de Fortaleza, a mostra que em pouco tempo já existe um crescimento na qualidade para o ensino da população. Ele também aproveitou a oportunidade para parabenizar a todos os profissionais da pasta, pelo  resultado dos números da  ANA Avaliação Nacional da Alfabetização , que coloca a cidade de Fortaleza como a melhor Educação das capitais do Nordeste. O gestor lembrou que falta muito a fazer, mas com o trabalho dos professores, colaboradores, gestores escolares, técnicos da educação e todos que fazem parte da secretaria de Educação com certeza os números não parariam de crescer  e, principalmente, com a qualidade necessária.

Veja Mais