Coberturas
Revista Infância Protegida é lançada no Legislativo
Home Sem categoria Revista Infância Protegida é lançada no Legislativo

Foto: Érika Fonseca

A Câmara Municipal de Fortaleza em parceria com a Fundação Demócrito Rocha lançou na última quarta-feira, 19, no Plenário Fausto Arruda, a revista Infância Protegida. A publicação reúne as ações desenvolvidas pelo Programa de Enfrentamento à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes, que contou com curso à distância Infância Protegida e oficinas presenciais.

“O enfrentamento à exploração sexual é uma das nossas prioridades da nossa gestão, frente à urgência e gravidade da realidade enfrentada por nossas crianças e adolescente em relação ao assunto. Também temos consciência de que a população espera do Legislativo ações que garantam mais proteção às nossas crianças e adolescentes”, destacou o presidente do Legislativo, Antônio Henrique (PDT), reforçando o compromisso da Casa do Povo em defesa do público infato-juvenil.

O momento contou com a participação do diretor da Fundação Demócrito Rocha, João Dummar; do chefe do escritório da Unicef em Fortaleza, Rui Aguiar; da assistente social do Centro de Defesa da Criança e do Adolescente, Neila Castro; da presidente da Fundação da Criança e da Família Cidadã, Glória Marinho; da assessora do gabinete da primeira-dama do Ceará, Dagmar Soares; do secretário de Direitos Humanos do Município, Elpídio Nogueira; e da presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Primeira Infância, vereador Iraguassú Filho (PDT).

Representando a primeira-dama do Município Carol Bezerra, Glória Marinho, destacou o programa de capacitação de educadores que abrange todas as Regionais. “O abuso sexual é um sofrimento velado que precisa ser enfrentado levando conhecimento para toda a população. Saber como identificar e como agir diante de uma criança que sofre violência é o início do combate”.

O Infância Protegida foi desenvolvido em parceria entre o Legislativo Municipal, a Fundação Demócrito Rocha (FDR) e Universidade Aberta do Nordeste (Uane), tendo como objetivo capacitar professores, líderes comunitários e profissionais da saúde como agentes de prevenção e enfrentamento das diferentes formas de violência sexual cometidas contra crianças e adolescentes.

Alcançando 47.443 mil inscrições em todo o Brasil, curso de extensão gratuito do Infância Protegida ofereceu 140 horas/aula e foi desenvolvido na modalidade de Ensino a Distância (EAD), entre outubro de 2019 e janeiro de 2020. Durante as aulas foram discutidos temas como: “A proteção da vítima e a responsabilização do agressor”, “O papel da família, da sociedade e do Estado na prevenção da violência sexual” e “Fluxo de proteção e responsabilização dos casos de violência sexual contra crianças e adolescentes”.

“Os milhares de multiplicadores que formamos em todo o País são o maior legado dessa iniciativa. São ações exitosas como esta que nos mantêm esperançosos em relação ao futuro. Assim, deixamos nossa contribuição, ampliando a rede de apoio às nossas crianças, reafirmando que a Câmara Municipal de Fortaleza não medirá esforços para continuar trabalhando em defesa de nossos meninos e meninas”, finalizou o presidente Antônio Henrique.

Veja Mais