Coberturas
Projeto SurfEduca traz surfe para escolas cearenses em 2020
Home Últimas Notícias Projeto SurfEduca traz surfe para escolas cearenses em 2020

Aconteceu na manhã da última quinta-feira (23/1), na Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC), o lançamento do projeto SurfEduca, uma proposta pedagógica de desenvolvimento de aprendizagem que utiliza o surfe como ferramenta. O projeto chega ao Ceará em 2020, depois de experiências positivas em Santa Catarina. Por incentivar a cultura náutica, a iniciativa tem apoio do Observatório da Indústria da FIEC por meio do Masterplan de Economia do Mar.

“Essa parceria já começa com grande sucesso. A Secretaria de Educação e as prefeituras são extremamente importantes. Temos todas as condições de ampliar esse projeto para toda a nossa orla marítima”, disse o secretário do esporte e da juventude do Governo do Estado do Ceará, Rogério Pinheiro.

O projeto já levou o surfe para as salas de aula de uma escola municipal de Garopaba (SC) e ganhou reconhecimento e repercussão nacional. O SurfEduca cumpre as exigências da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e os currículos que identificam a comunhão de princípios e valores que orientam a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Brasileira (LDB) e as Diretrizes Curriculares Nacionais – DCN.

“O Surfeduca vem ao encontro do nosso desejo de ampliar os conhecimentos para fora dos muros escolares, fundamentando dentro do campo cientifico, pois é através da vivência e experiências que os conteúdos pedagógicos se tornam significativos, garantindo as aprendizagens”, explica Thiago Marques, idealizador do projeto.
A iniciativa é do Coletivo Humanáuticos e seus parceiros, Núcleo Inteligente Amantes do Surf (NIAS) e Associação de Stand Paddle (ASUP). A proposta do SurfEduca é promover uma conexão interativa entre a cultura do surfe e a educação, desenvolvendo competências e conhecimentos a partir dos ensinamentos do esporte.

Para o idealizador do Coletivo Humanáutico, Sérvulo Paulo, é muito importante falar sobre esse projeto na FIEC. “Ficamos felizes por levar à Casa da Indústria um assunto inédito para a federação e de poder trazer essa proposta incrível e inovadora para a educação. Uma metodologia que despertará o interesse de muitos jovens em aprender de uma forma lúdica e prazerosa”, avalia.

Em Garopaba, o SurfEduca já proporcionou vivências para mais de 900 alunos. As aulas estimulam as capacidades criativas e inventivas das crianças e contemplam análise técnica, educação ambiental, regras de segurança, equipamentos, história do surfe e a prática do surfe.

Veja Mais