Coberturas
Projeto de lei do deputado Leonardo Araújo quer criar Programa de Compostagem de Resíduos Sólidos
Home Últimas Notícias Projeto de lei do deputado Leonardo Araújo quer criar Programa de Compostagem de Resíduos Sólidos
Leonardo Araújo aponta necessidade de comissão para verificar hospitais

Com base na Lei Federal nº 12.305, de 2 de agosto de 2010, que institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos e prevê a destinação correta dos materiais recicláveis, retornáveis e reutilizáveis de modo a diminuir gradativamente o volume destinado aos aterros sanitários, tramita na Assembleia o projeto de Lei do deputado Leonardo Araújo (MDB).

De n° 329/20, a proposta contempla  criação do  Programa Estadual de Compostagem de Resíduos Orgânicos, com o intuito de incentivar o processamento de alimentos nas unidades escolares, hospitais, presídios, restaurantes populares, restaurantes universitários e centros de abastecimento de alimentos “in natura”.

Compostagem de Resíduos Sólidos

Este composto orgânico resultante de projetos de agricultura familiar, hortas comunitárias e hortos de mudas seria levado aos parques estaduais, projetos de reflorestamento e jardinagem. “Há a possibilidade ainda das escolas que dispuserem de terrenos que possam ser aproveitados, montarem seus projetos, desenvolvendo parcerias e destinando o composto orgânico ou utilizá-lo em sua própria horta”, aponta o autor.

O programa poderá contar ainda com a colaboração de empresas, entidades civis sem fins lucrativos e órgãos públicos diversos, mediante a doação e o transporte de material orgânico tecnicamente apropriado para compostagem.

Para o deputado Leonardo Araújo, a proposição tem como objetivo incentivar iniciativas de compostagem, com vistas ao aproveitamento de matéria orgânica de forma ecologicamente adequada, bem como o fortalecimento da agricultura familiar e a ampliação das hortas comunitárias e escolares. “São vários propósitos que podem ser alcançados, como a ampliação do acesso de estudantes a uma alimentação saudável, o manejo adequado de resíduos sólidos no ambiente urbano e rural, e a criação de mais uma ferramenta para o aprimoramento de políticas públicas destinadas à agricultura familiar”, salientou.

Veja Mais