Últimas Notícias
Profissionais de saúde mental recebem homenagem na AL
Home Últimas Notícias Profissionais de saúde mental recebem homenagem na AL

 

A Assembleia Legislativa homenageou, em solenidade realizada na manhã da última  sexta-feira (10/09), os profissionais de saúde mental do Estado. O presidente da Casa, deputado Evandro Leitão (PDT), que solicitou o evento,  fez alusão ao Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio, celebrado hoje.

Para o deputado, que ressaltou o trabalho dos profissionais que atuam na conscientização, diagnóstico, controle e cura de tudo relacionado com a mente, falar do tema é muito importante na perspectiva da saúde mental. “O reconhecimento desses profissionais é fruto do valoroso trabalho desempenhado por eles, que atuam para cuidar da saúde mental dos cearenses, salvando vidas”, assinalou o presidente da AL.

Apesar de um cenário preocupante no que diz respeito à saúde mental da população mundial, agravado pela pandemia de Covid-19, segundo o parlamentar, existe uma estimativa científica de que 90% dos casos de suicídio podem ser evitados com a adoção de diversas ações de prevenção.

“Nós temos pautado esse assunto aqui no Parlamento cearense desde 2019, quando instalamos a Frente Parlamentar em Defesa da Saúde Mental e Combate à Depressão e ao Suicídio. Além disso, temos realizado sessões para discutir o tema e aprovamos leis para reforçar a importância da causa”, apontou Evandro Leitão.

A presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Saúde Mental, deputada Érika Amorim (PSD), parabenizou o presidente da Casa pela preocupação com o tema, destacando a inauguração do Núcleo de Saúde Mental da Assembleia como uma das grandes contribuições do Poder Legislativo para a causa. “Esta Casa ganhou bastante com a inauguração do núcleo, que deu uma dinâmica diferente para esse poder, não só por seu trabalho junto aos servidores, como também junto à comunidade, com um olhar acolhedor e preocupado”, enfatizou.

Em nome das personalidades homenageadas no evento, a procuradora de Justiça do Ministério Público do Estado do Ceará e coordenadora auxiliar do Centro de Apoio Operacional da Saúde, Isabel Porto, considerou uma honra representar os profissionais de saúde mental na solenidade. “É um prazer muito grande falar em nome desses profissionais, avaliando que a questão da saúde mental, infelizmente, ainda é muito relegada”, ressaltou, complementando que trabalha para que “a nossa população tenha a saúde mental que merece, pois trata-se de um direito constitucional e fundamental de vida”.

Na ocasião, foram homenageados com a entrega de certificados o médico psiquiatra Valton de Miranda Leitão; a orientadora da célula de Psicologia do Departamento de Saúde e Assistência Social da Assembleia Legislativa (DSAS), psicóloga Maria da Conceição Guerra Martins; a representante do Centro de Valorização da Vida, voluntária Rejane Felipe, e a professora fundadora do curso de Psicologia da Universidade Estadual do Ceará (Uece), psicóloga Alessandra Xavier.

Também foram agraciados com certificados o professor titular do curso de Psiquiatria da Universidade Federal do Ceará (UFC) e coordenador do Programa de Apoio à Vida (Pravida), médico psiquiatra Fábio Gomes de Matos e Souza; o presidente do Movimento de Saúde Mental Comunitária do Bom Jardim, médico psiquiatra Padre Rino Bonvini; a médica psiquiatra Lisiane Cysne de Medeiros; o tenente-coronel José Edir Paixão de Sousa; o coordenador do Centro de Apoio Operacional da Cidadania e coordenador do Programa Vidas Preservadas, o promotor de Justiça Hugo Frota Magalhães Porto Neto; a secretária de saúde do município de Fortaleza, Ana Estela Leite; e o secretário de saúde do Estado do Ceará, Marcos Antônio Gadelha Maia.

Participaram ainda da sessão solene o deputado estadual Renato Roseno (Psol); a secretária de saúde de Fortaleza, Ana Estela Leite; o coordenador de saúde mental da Secretaria da Saúde do Estado (Sesa), Davi Queiroz; o diretor do Departamento de Saúde e Assistência Social da Assembleia Legislativa (DSAS), Luis Edson Correa, entre outras autoridades.

Veja Mais