Coberturas
Presidente da Caixa Econômica sinaliza aumento de financiamentos para o Nordeste
Home Últimas Notícias Presidente da Caixa Econômica sinaliza aumento de financiamentos para o Nordeste

 

 

Na última quinta-feira (08), O Presidente da Caixa, Pedro Guimarães recebeu, para um café da manhã, parlamentares da bancada do Nordeste para comentar ações que estão sendo desenvolvidas pelo banco na região.

Durante a reunião, os parlamentares questionavam a baixa liberação de financiamento para o Nordeste que teria recebido apenas 2,2% dos empréstimos em 2019, segundo a reportagem do Estado/Broadcast da ultima semana, e que isso teria ocorrido por determinação da Presidência.

O Presidente do banco rechaçou a matéria ao informar que o Nordeste atualmente já representa 08% do volume de empréstimos, mas o próprio reconheceu que ainda era um volume baixo de recursos e que tal fato poderia ser corrigido. Segundo o próprio, isso seria em decorrência da baixa quantidade de pleitos apresentados pelos Estados e municípios do Nordeste, da necessidade de autorização do Tesouro Nacional e de eventuais dificuldades dos gestores em preencher toda a documentação necessária ao empréstimo.

O Deputado Eduardo Bismarck (PDT/CE), que participou do encontro, solicitou ao Presidente providências no sentindo de determinar rapidez na análise dos empréstimos do FINISA para as prefeituras e Estados, e que fossem feitos mutirões no sentido de auxiliar gestores no preenchimento da documentação. Lembrou ainda de outro grande gargalo que são os contratos de repasse. “Não é justo que a Caixa fique com aproximadamente 12% do valor que poderia ser revertido em benefício da sociedade e ainda prestando um mau serviço, pois boa parte das obras acabam não sendo concluídas, face ao atraso nos repasses, o que acaba estimulando o empreiteiro. Quem perde com isso, é a população”, avaliou.

Guimarães se comprometeu a dobrar, de imediato, o efetivo de funcionários que analisam esses contratos de repasse de recursos. Também se comprometeu a criar os mutirões para ajudar na liberação dos empréstimos, bem como criar mecanismos que desburocratizem as duas operações (contratos de repasse e de empréstimos a governos) especialmente junto às superintendências regionais.

Ao final do encontro, o Deputado Eduardo Bismarck, o Presidente Pedro Guimarães e a Vice-Presidente Tatiana Thomé, ainda conversaram sobre alternativas à PEC 048, que prevê a exclusão da Caixa como agente de repasse, posto que o Deputado é membro da Comissão que analisará o texto e também membro do GT no Ministério da Economia que trata do novo Pacto Federativo. Uma proposta ventilada é que seja diminuída a taxa da CEF para até 04%, que seja simplificada a documentação e que fossem estipulados parâmetros de eficiência como prazos para pagamento.

Além do pedetista Eduardo Bismarck, da bancada cearense, também estiveram presentes o Senador Tasso Jereissati, e os Deputados Heitor Freire (PSL) e Aníbal Gomes (DEM).

Veja Mais