Coberturas
Prefeito Roberto Cláudio comenta início da 2ª fase da Retomada Econômica na Capital
Home Últimas Notícias Prefeito Roberto Cláudio comenta início da 2ª fase da Retomada Econômica na Capital

prefeito de perfil falando

O prefeito Roberto Cláudio comentou, na última segunda-feira (22/06), durante transmissão ao vivo pelas redes sociais, o início da segunda fase da Retomada Econômica da Capital, publicada em decreto neste domingo (21/06). O retorno de novas atividades está sendo permitido de acordo com a redução consistente dos indicadores assistenciais e epidemiológicos de Fortaleza desde a fase de transição.

Conforme ressaltou o Gestor, nas semanas 19 e 20 do ciclo epidêmico da Covid-19 na capital cearense, chegou a ser registrada uma média diária de mais de 80 óbitos. Já nas últimas 24h, apenas uma morte ocasionada pela doença foi confirmada na Cidade. Além disso, também houve quatro semanas consecutivas de redução no número de casos.

“As três primeiras semanas do processo de abertura não renderam preocupações maiores para o sistema de saúde público ou para um eventual crescimento no número de casos ou de óbitos. Isso só está acontecendo graças ao apoio da população às medidas e orientações sanitárias que foram dadas. É importante que a gente mantenha esse mesmo respeito e disciplina aos protocolos”, disse.

Para Roberto Cláudio, é essencial que se tenha um processo responsável e consciente ao longo das próximas duas semanas. Tanto por parte das empresas, que abram as portas cumprindo as regras rigorosamente, e pela população, que deve continuar fazendo o uso de máscaras, principalmente quando em vias e espaços públicos, tendo o cuidado de lavar as mãos, evitar o contato físico, manter o distanciamento social e evitar as aglomerações mesmo nas atividades permitidas.

O Prefeito destacou, ainda, para além das medidas de isolamento e sanitárias, o papel dos profissionais de saúde, que têm contribuído com a informação, o diagnóstico precoce, a experiência acumulada e o manejo clínico cada vez melhor, principalmente para os pacientes mais graves que demandam internação ou leitos de UTI.

“A gente pede que possamos assim permanecer, até porque estamos longe ainda de dizer que estamos seguros o suficiente para voltarmos à normalidade. Essa tem que ser uma busca progressiva e por isso nos mantemos em estado de isolamento, com exceção das atividades permitidas pelo novo decreto”, enfatizou.

Paciente IJF2 Acompanhante

Assim como já vinha acontecendo no Hospital de Campanha do Estádio Presidente Vargas, os familiares de pacientes internados no Instituto Dr. José Frota também passarão a ter acesso a um novo canal de comunicação para acompanhar, diariamente, o quadro clínico de seus parentes. O sistema, ofertado pela Prefeitura, está disponível em http://acompanhante.ijf.fortaleza.ce.gov.br a partir desta terça-feira (23/06).

De acordo com Roberto Cláudio, para acessar o boletim de saúde, disponível para acesso pelo computador, celular ou App Mais Saúde Fortaleza (inicialmente disponível para a versão Android), é necessário informar os dados pessoais do paciente e aceitar as condições de uso do sistema.

Leitos assistenciais

O Prefeito pontuou que graças à diminuição do número de casos e óbitos da Covid-19 em Fortaleza, os leitos que eram exclusivos para a doença estão sendo transformados em leitos assistenciais. No Frotinha do Antônio Bezerra, 10 unidades dos equipamentos foram aproveitados para modernizar a assistência cirúrgica da Unidade, mas continuarão à disposição do Município caso haja necessidade de retomada para o atendimento a pacientes com o novo coronavírus.

Cestas básicas

Por último, o Gestor destacou que foi iniciada, nesta segunda-feira (22/06), a entrega do terceiro lote de cestas básicas a 108 mil famílias beneficiárias do Bolsa Família. A Prefeitura fará contato direto com os beneficiários por meio de telefonemas ou mensagens via WhatsApp, indicando o dia e o local específico para a pessoa receber a cesta, evitando a formação de aglomerações durante a pandemia.

“O nosso objetivo é garantir a segurança alimentar às pessoas que vivem em situação de maior vulnerabilidade na cidade de Fortaleza”, disse o Prefeito.

A distribuição das cestas básicas, uma ação pontual da Política Nacional da Assistência Social, que tem como objetivo reduzir as dificuldades causadas pelo pandemia do novo coronavírus, já entregou mais de 131 mil unidades.

Veja Mais