Coberturas
Prefeito Roberto Cláudio autoriza o início de obras de saneamento e urbanização na comunidade Jagatá
Home Últimas Notícias Prefeito Roberto Cláudio autoriza o início de obras de saneamento e urbanização na comunidade Jagatá

várias pessoas num palco

O prefeito Roberto Cláudio assinou, na noite da última quarta-feira (06/11), a ordem de serviço que autoriza a execução de um pacote de obras de saneamento, drenagem e urbanização na comunidade Jagatá, localizada no bairro Jangurussu (Regional VI). A iniciativa, oriunda do Programa Mais Ação, receberá investimentos da ordem de R$ 12,6 milhões.

As intervenções preveem melhorias infraestruturais e incluem, além de nova estrutura viária, a execução de terraplanagem, a padronização de calçadas, a implantação pavimentação e a instalação de rede de saneamento básico em locais onde há ausência de esgotamento sanitário.

As obras irão beneficiar 26 vias do território e serão executadas pela Secretaria Municipal da Infraestrutura (Seinf). De acordo com o cronograma estabelecido, a conclusão das melhorias está prevista para o segundo semestre de 2020.

Segundo o prefeito Roberto Cláudio, as melhorias irão aprimorar três eixos prioritários: a mobilidade, a saúde e a qualidade de vida das pessoas. “Esses investimentos deixarão essa comunidade completamente transformada. Serão obras complexas e direcionadas à dignidade das famílias e à valorização do território. Áreas urbanizadas, iluminadas e bem equipadas também diminuem, por meio da ocupação qualificada, os índices de violência”, declarou.

O secretário de Governo de Fortaleza, Samuel Dias, acompanhado da titular da Seinf, Manuela Nogueira, apresentou o projeto aos moradores do entorno.

“Hoje, estamos assinando a ordem de serviço. A etapa do financiamento foi garantida e a do planejamento está sendo realizada. Nossas equipes já estão trabalhando. Dentro de 20 dias, um volume maior de obras será observado. Ano que vem, após inaugurada a obra, a população deverá assumir o compromisso de cuidar, manter e melhorar este espaço para garantir a efetividade da ação e a qualidade de vida dos próprios moradores”, destacou Manuela Nogueira, acrescentando que as intervenções contarão com o piso intertravado utilizado em áreas nobres da Cidade, a exemplo da Avenida Beira Mar.

Os presentes comemoraram a novidade. De acordo com a agente de cidadania e controle social, Andrea Oliveira, de 43 anos, as intervenções são fruto de uma demanda histórica e garantirão maior dignidade a quem vive no território contemplado. “Sou moradora do Jangurussu desde que nasci. Ao longo dos anos, a população aumentou bastante. Com isso, a necessidade de estrutura física também cresceu. Hoje, ainda vemos as pessoas morando, praticamente, dentro da lama, sem saneamento, sem estrutura adequada. Todas essas melhorias trarão uma nova realidade para todos nós. A comunidade já conta com creche e com Areninha. As obras de urbanização irão melhorar ainda mais a vida da gente”, considerou.

Veja Mais