Coberturas
Prazo de inscrições para bolsas remanescentes do ProUni encerra nesta quarta-feira, 30
Home Últimas Notícias Prazo de inscrições para bolsas remanescentes do ProUni encerra nesta quarta-feira, 30

 

O prazo de inscrições para as bolsas remanescentes do Programa Universidade para Todos (ProUni) encerra nesta quarta-feira, 30. Os candidatos já matriculados ou não em instituição de ensino superior, que queiram receber umas das 90 mil bolsas podem fazer sua inscrição na página do programa.

Para realizar sua inscrição, o candidato deverá, obrigatoriamente, efetuar seu cadastro no “Login Único” do governo federal e criar uma conta gov.br, meio de acesso digital do usuário aos serviços públicos digitais, caso seja o seu primeiro acesso nessa plataforma de acesso digital, ou inserir o seu número de Cadastro de Pessoa Física (CPF) e senha, caso já possua uma conta gov.br.

Dois dias depois de se inscrever em uma bolsa remanescente do ProUni 2020/2 o estudante deverá procurar a instituição de ensino de oferta da vaga e apresentar a documentação necessária para comprovar as informações prestadas no momento do cadastro.

O ProUni foi um programa criado pelo Ministério da Educação em 2004 que oferece bolsas de estudo nas instituições privadas de cursos de graduação e sequenciais de formação específica a estudantes brasileiros sem diploma de nível superior. As bolsas concedidas, integrais (100%) ou parciais (50%), são destinadas a estudantes brasileiros de baixa renda e sem diploma de nível superior.

Dentre os pré-requisitos, para concorrer à bolsa do ProUni estão:

  • Ter cursado o ensino médio na rede pública ou como bolsista integral na rede particular;
  • Comprovar renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até um salário mínimo e meio para concorrer à bolsa integral;
  • Já para as bolsas parciais (50%), a renda declarada deve ser de até três salários mínimos por pessoa;
  • O candidato também precisa obrigatoriamente ter participado do ENEM. A nota obtida no Exame serve como critério de classificação para o ProUni. Quanto maior a nota, maiores as chances de se obter o benefício;
  • O Ministério da Educação ainda estabelece uma nota mínima para que o candidato consiga obter uma bolsa. Atualmente é preciso obter pelo menos 450 pontos na prova de conhecimentos e não ter zerado a redação;
  • Estudantes com deficiência podem concorrer à bolsa. Neste caso, não é necessário ter cursado todo ensino médio na rede pública ou na rede particular na condição de bolsista integral da própria escola;
  • Professores da rede pública de ensino também podem obter a bolsa do ProUni para cursos de licenciatura, normal superior e pedagogia. Nesses casos não existe requisito de renda familiar, apenas que o professor faça parte do quadro permanente da instituição e tenha obtido 450 pontos no ENEM, sem ter zerado a redação.

As bolsas do ProUni valem para toda a duração do curso, mas para continuar recebendo o benefício é preciso se esforçar. O recebimento da bolsa só continuará se o estudante for aprovado, no mínimo, em 75% das disciplinas cursadas em cada período letivo.

Veja Mais