Coberturas
Porto do Pecém triplica movimentação de pás eólicas em 2019
Home Últimas Notícias Porto do Pecém triplica movimentação de pás eólicas em 2019

 

O Porto do Pecém está terminando o ano, literalmente, “de vento em popa”. Isso porque um dos principais segmentos presentes no Complexo Industrial e Portuário do Pecém contribuiu diretamente para que o terminal portuário cearense atingisse, antes mesmo do fim deste mês, a marca de duas mil pás eólicas movimentadas ao longo de 2019.

O número é mais de três vezes maior que a movimentação registrada em 2018, quando foram embarcadas 683 pás para parques de energia eólica localizados em outros estados do Brasil, Estados Unidos e Europa. São as pás que dão movimento aos aerogeradores transformadores da energia do evento em energia elétrica.

“O Porto do Pecém se estruturou, em parceria com os prestadores de serviços operacionais, na contratação de mão de obra especializada e na aquisição de equipamentos. Tudo para receber essas pás de maneira adequada, desde o descarregamento no pátio de armazenagem até o embarque nos navios”, diz José Alcântara Neto, coordenador de Operações do Complexo Industrial e Portuário do Pecém.

Hoje uma área no pátio do porto cearense é exclusiva para a armazenagem das pás eólicas produzidas no Complexo Industrial e Portuário do Pecém. No terminal portuário são embarcadas pás que medem entre 45 e 62 metros de extensão em navios com capacidade de carregar até 90 pás por viagem.

“Esse aumento na movimentação de pás eólicas é explicado pela presença da Wobben Wind Power e da Aeris Energy na área industrial do Complexo do Pecém. A Wobben fábrica suas próprias pás e a Aeris produz para a Vestas e para GE, dois grandes players mundiais do setor de energias renováveis”, diz Alexandre Holanda, assistente de Desenvolvimento Logístico do Complexo Industrial e Portuário do Pecém.

Veja Mais