Coberturas
Normativos dos RPPS são tema da Quinta com Debate dessa semana
Home Últimas Notícias Normativos dos RPPS são tema da Quinta com Debate dessa semana

 

 

Os normativos dos Regimes Próprios de Previdência Social (RPPS), seus efeitos atuariais e os impactos decorrentes da Lei Complementar 173 – que institui uma espécie de “regime fiscal provisório” para enfrentamento à pandemia do novo coronavírus – foram as temáticas tratadas na edição dessa semana da Quinta com Debate da Aprece. A live, realizada no dia 27 de agosto, contou com as participações do presidente da Associação Cearense dos Regimes Próprios de Previdência do Estado e dos Municípios (Aceprem); José Itamar de Oliveira; do analista em Previdência da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Fernando Benício dos Santos; e do atuário e consultor municipal Túlio Pinheiro Carvalho.

Na oportunidade, foi abordada a Emenda Constitucional 103/2019, que altera o sistema de Previdência Social e estabelece regras de transição e disposições transitórias. Os debatedores destacaram prazos e orientações sobre as adequações de alíquotas de contribuição para servidores, aposentados e pensionistas dos RPPS.

A EC 103/2019 trouxe alterações para os Regimes Próprios de Previdência Social, estabelecendo regras que são aplicáveis direta e imediatamente a todos os entes da federação, outras aplicáveis somente à União e algumas disposições específicas para os estados, o distrito federal e os municípios.

Durante a Live, ficou claro que algumas das principais mudanças tratam da introdução de normas de governança do RPPS e a maior ênfase dada ao princípio do equilíbrio financeiro e atuarial, bem como o fato de não haver mais regra permanente de benefícios no texto constitucional, ficando a cargo de cada ente instituidor de Regime Próprio de Previdência Social a adoção de regras próprias.

A suspensão dos repasses de valores patronais, instituída pela LC 173/2020, e seus impactos nos municípios também foi um ponto discutido na Quinta com Debate. Muitas dúvidas puderam ser tiradas, mediante o envio de perguntas ao vivo pelo chat da live.

Quem quiser assistir ou rever o debate, basta acessar o Canal da Aprece no YouTube, onde estão também as demais lives e todos os vídeos divulgados pela entidade.

Veja Mais