Coberturas
Mais Nutrição ultrapassa as 200 toneladas de alimentos distribuídos
Home Últimas Notícias Mais Nutrição ultrapassa as 200 toneladas de alimentos distribuídos

Em sete meses de funcionamento, o Mais Nutrição distribuiu 206.474 kg de alimentos “in natura” e mix de desidratados para 76 entidades de Fortaleza, Maracanaú e Caucaia. O programa faz parte das ações do Mais Infância Ceará, idealizado pela primeira-dama do Estado, Onélia Santana. A iniciativa, que conta com a doação de produtos dos permissionários da Centrais de Abastecimento do Ceará (Ceasa-CE), em Maracanaú, beneficiou 14.761 pessoas, entre crianças, adolescentes, adultos e idosos.

Inaugurada em junho de 2019 na Ceasa-CE, a fábrica do Programa Mais Nutrição vem servindo de exemplo de como reduzir o desperdício de alimentos e proporcionar a segurança alimentar de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade assistidos por instituições cearenses. A primeira-dama Onélia Santana destacou os benefícios do programa para as crianças cearenses. “O Mais Nutrição tem dados bons resultados e está garantindo o desenvolvimento integral das crianças, pois contribui para a segurança alimentar e oferta alimentos com valor nutritivo. O programa ainda reduz o desperdício de alimentos, passo fundamental para uma produção sustentável”, citou.

A irmã Conceição Albuquerque, presidente do Lar Amigos de Jesus, que atende cerca de 200 crianças e adolescentes com câncer, ressaltou que o Mais Nutrição beneficia as crianças com a segurança alimentar. “Já vem tudo preparado e facilita a oferta para as nossas crianças. A doação é realizada com regularidade e também foi realizado treinamento importante de como manejar e criar receitas para aproveitar melhor os ingredientes. Está sendo muito benéfico para o tratamento das nossas crianças com câncer, pois elas precisam desses tipos de alimentos. Está facilitando a vida das crianças para que elas consigam resistir. Está sendo importante demais! Quero parabenizar essa boa ação, esse programa maravilhoso!”, disse.

A iniciativa é do Governo do Ceará, por meio da Secretaria da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos (SPS), Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA) e Centrais de Abastecimento do Ceará (Ceasa-CE), e a parceria da empresa M. Dias Branco, da Associação dos Permissionários da Ceasa e do Instituto Agropolos do Ceará.

Veja Mais