Coberturas
M. Dias Branco divulga lucro recorde de R$ 137 milhões no trimestre e investe R$ 56 milhões em infraestrutura
Home Últimas Notícias M. Dias Branco divulga lucro recorde de R$ 137 milhões no trimestre e investe R$ 56 milhões em infraestrutura

4501d23f Ff79 451f Bdec 0a6ae1460c29

 

Com mais de 65 anos de uma história permeada de realizações, desafios e muitas conquistas, a M. Dias Branco é uma das mais rentáveis e importantes companhias do Brasil. Atualmente conta com 15 unidades industriais e mais de 35 filiais comerciais distribuídas em diferentes estados do País, atuando em todo território nacional e também presente com suas marcas em mais de 30 países em todos os continentes.

Líder de mercado em biscoitos e massas no Brasil, a companhia é a sexta maior empresa de massas e a sétima de biscoitos no ranking global por faturamento, gerando mais de 17 mil empregos diretos. Entre os produtos comercializados estão: biscoitos, massas, farinha e farelo de trigo, margarinas e gorduras vegetais, snacks de milho e de trigo, bolos, mistura para bolos, bits de cereais, refresco em pó, cobertos de chocolates (biscoitos) e torradas. Adria, Vitarella, Richester, Pilar, Fortaleza, Piraquê e Finna são algumas das marcas produzidas pela Companhia.

Para se ter ideia dos números surpreendentes da M. Dias Branco,  a companhia registrou um crescimento recorde no lucro do  primeiro trimestre de 2020, da ordem de 140,8%, atingindo a marca de R$ 137 milhões.

De acordo com seu presidente, Ivens Dias Branco Júnior, vários foram os fatores responsáveis por esse feito. Volume total de vendas 22,4% maior que o primeiro trimestre de 2019 (biscoitos +25,1% e massas +27,3%); nível de utilização da capacidade produtiva maior que o primeiro trimestre de 2019 (71% vs. 66,5%); nível de verticalização de farinha de trigo maior que o primeiro trimestre de 2019 (96,7% vs. 84,2%); 103,2% de crescimento das exportações; e gestão cada vez mais austera de custos e despesas estão entre os principais fatores.

O banco Itaú BBA avaliou como positivos os resultados do 1º trimestre da M. Dias Branco. “Houve um forte crescimento no volume de vendas, de 25% nas bolachas e de 27% nas massas de espaguete e macarrão na base anual. O Ebitda chegou 15% acima das nossas estimativas”, comentou o BBA. Segundo o banco, o portfólio da M. Dias Branco deve se mostrar resiliente durante a epidemia do coronavírus.

O BBA comenta que a forte desvalorização do real pode representar um aumento de custos para a empresa mais tarde em 2020, porque o Brasil ainda importa mais de 50% do trigo que consome. O banco mantém a nota market perform – média de mercado, com preço-alvo de R$ 39,00 para ação MDIA3 em 2020, uma alta de 22,8% sobre o preço na B3 no dia 8.

 

 

Fonte:Baladain

Veja Mais