Coberturas
Líderes da FIEC participam de evento internacional relacionado à economia do mar
Home Últimas Notícias Líderes da FIEC participam de evento internacional relacionado à economia do mar

 

Na última  terça-feira, 22/06, o Líder do Observatório da Indústria e Diretor de Inovação e Tecnologia da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC), Sampaio Filho e o Gerente e a Pesquisadora do Observatório, Guilherme Muchale e Leilamara Andrade, participaram da primeira conferência internacional Blue Info Summit.

Durante o painel “Mar de Oportunidades – Alimento Sustentável”, que foi mediado pelo português Miguel Marques, estiveram presentes, além de Sampaio Filho: Francisco Maia Junior, Secretário de Desenvolvimento Econômico e do Trabalho do Estado do Ceará, Luís Avides, da empresa Ramirez e Teresa Coelho, Secretária de Estado das Pescas de Portugal.

Sampaio Filho apresentou a rota estratégica da Economia do Mar que foi desenvolvida pela FIEC. Neste trabalho, ele explica que foi desenhada uma linha do tempo em 2015, com uma visão futura de mercado até 2025. “Dentro da rota foi construída governança setorial, articulando projetos junto ao Governo do Estado, na construção da valorização da Economia do Mar e, consequentemente, o desenvolvimento da economia das indústrias do Estado”, disse Sampaio Filho.

O Líder do Observatório destacou também que foram mapeados vários perfis de profissionais da área da Economia do Mar, que abrange diversos outros setores, como turismo, transporte de passageiros, pesca, esportes náuticos, entre outros. “Já estão sendo feitos trabalhos com as universidades, implantando esses perfis nas grades curriculares”, completou Sampaio.

O anfitrião do evento, Miguel Marques, destacou que a FIEC tem sido referência para o desenvolvimento dos negócios relacionados ao mar, e não só isso, mas de toda a economia do Ceará. “Nos últimos anos, o Ceará tem se destacado em relação ao desenvolvimento econômico, equilíbrio de contas públicas e tem sido referência não só no Brasil, mas também na América Latina e brevemente do mundo”, ressaltou Miguel.

Durante o segundo painel, “Rastrear para Valorizar e Proteger o Alimento do Mar”, a Pesquisadora do Observatório da Indústria da FIEC, Leilamara Andrade apresentou o projeto RASTUM – Sistema de Rastreabilidade da cadeia de produção do Atum.

“A rastreabilidade é um sistema projetado que visa a comunicação entre os elos das cadeias produtivas, tendo como consequência um alimento monitorado no qual o consumidor pode confiar. A rastreabilidade para o setor de alimentos do mar apresenta inúmeras vantagens”, afirmou Leilamara.

No mesmo painel, Guilherme Muchale iniciou sua fala destacando que o Observatório da Indústria tem duas linhas de atuação. A primeira é a prospecção de futuro, garantindo a continuidade de políticas públicas e construindo estratégias de desenvolvimento a longo prazo. A segunda é a atuação com foco na inteligência competitiva, uma vez que hoje a informação ocupa um papel cada vez mais relevante para tomadas de decisão.
“Enxergamos a Economia do Mar como um vetor de desenvolvimento do Estado. Hoje concentramos mais de 20% das exportações de alimentos do mar do Brasil, e também estamos entre os três primeiros produtores de aquicultura do país. Isso mostra a relevância do empresário local em relação à produção de alimentos do mar”, finalizou Guilherme.

Veja Mais