Últimas Notícias
Indústria Global finaliza etapa de capacitação e consultorias para micro e pequenas empresas cearenses
Home Últimas Notícias Indústria Global finaliza etapa de capacitação e consultorias para micro e pequenas empresas cearenses

 

Em momentos de incertezas, como este de pandemia, o mito de que o mercado internacional é apenas para grandes empresas costuma se fortalecer.

Porém, é justamente agora que as empresas, especialmente as de menor porte, precisam enxergar a internacionalização como uma saída para superar as dificuldades. No desafio que é vivenciar o comércio exterior, as empresas não estão sozinhas.

A Confederação Nacional da Indústria (CNI), o Sebrae e a Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC), por meio do Centro Internacional de Negócios, e apoio do Nucop, uniram forças para dar o suporte necessário para a efetiva participação das micro e pequenas empresas cearenses no comércio internacional.

Esse suporte se dá por meio do programa Indústria Global, cuja primeira etapa foi realizada entre 11/1 e 31/3 deste ano. O programa visa auxiliar micro e pequenas empresas que desejam expandir seus negócios exportando seus produtos.

As empresas selecionadas participaram de uma trilha de internacionalização, que se iniciou com capacitações nas temáticas envolvendo comércio exterior, seguida de estudo de mercado para a identificação de países com potencial de realização de negócios e, por fim, consultoria individual, culminando com a entrega de um plano de exportação. Tudo de forma personalizada para atender as necessidades específicas de cada empresa.

Dessa forma, o Indústria Global envolveu, na primeira etapa, capacitação para micro e pequenas empresas, por meio do curso Comércio Exterior como Estratégia de Negócios, com participação de 34 empresas; e consultoria individualizada em Exportação para 11 empresas selecionadas. As empresas foram contempladas com estudo de mercado quantitativo, para selecionar um país alvo, depois receberam estudo de análise de mercado qualitativo, levando em consideração o produto e o país escolhido. Foram 11 estudos de mercado quantitativos e 11 de análise de mercado alvo.

As temáticas abordadas foram: classificação fiscal e regime fiscal; explorando o mercado definido; análise dos materiais promocionais; plataformas e meios de divulgação no exterior; logística e adequação de embalagens; documentos, despacho e despachante; adequação de produto e precificação e composição de custos na exportação. Cada empresa recebeu consultoria individual em todas essas temáticas, de forma virtual.

O programa continua com uma ação comercial, voltada para as 11 empresas que concluíram a trilha de internacionalização, prevista para acontecer no segundo semestre de 2021. Essa ação permitirá que as empresas possam contatar potenciais importadores de seus produtos, com todo o suporte do Centro Internacional de Negócios da FIEC.

De acordo com a gerente do Centro Internacional de Negócios da FIEC, Karina Frota, o programa permite que empresas de micro e pequeno portes possam inovar, aumentar sua competitividade, sua produtividade, expandir mercados e, consequentemente, aumentar lucros. Ela explica que o programa possui uma metodologia desenvolvida especialmente para gerar resultados que se adequem às reais necessidades de uma empresa em processo de internacionalização. “O Indústria Global é fruto de uma parceria estratégica. As instituições buscam, através desse programa, dar um foco prioritário no processo de internacionalização de micro e pequenas empresas. É uma espécie de programa de aceleração de negócios internacionais”, esclarece a gerente.

Uma das empresas participantes foi a Nutmel, representada por Joana Vieira, do setor comercial. Para ela, foi importante ter informações do mercado externo e sobre as ferramentas de busca de mercado apresentadas. “A empresa se beneficiou desde a mudança de marca para atender às exigências para cadastro internacional, assim como a constatação do foco na exportação. Foi um excelente trabalho e desempenho por parte de todos do CIN. Fomos muito bem atendidos e este contato seguirá importante para os novos desafios a serem enfrentados pela Nutmel”, destacou.

Veja Mais