Coberturas
Frente Parlamentar acolhe demandas da Rede Nacional de Pessoas Vivendo com HIV e AIDS
Home Últimas Notícias Frente Parlamentar acolhe demandas da Rede Nacional de Pessoas Vivendo com HIV e AIDS

08.10.2019

Na manhã desta terça-feira, 8, a Frente Parlamentar de Luta contra a AIDS, se reuniu com representantes da Rede Nacional de Pessoas Vivendo com HIV e AIDS (RNP-CE) para discutir algumas demandas das pessoas portadoras do vírus. Na pauta, o Serviço Ambulatorial Especializado (SAE) do Hospital Nossa Senhora da Conceição, que a partir de novembro, passará a ser gerido por uma Organização Social.

“O Hospital Nossa Senhora da Conceição vai ser, a partir de novembro, gerido por uma Organização Social e vamos ter mudanças no atendimento especializado aos pacientes portadores do vírus HIV. Os funcionários que estavam lá vão ter que oficialmente fazer uma seleção. E a preocupação apresentada pela entidade é que os servidores de lá já tem experiência e conhecem os pacientes, então eles vieram defender a permanência desses profissionais”, explicou Dr. Eron (PP), presidente da Frente Parlamentar.

Segundo Eron, como encaminhamento a Frente irá dialogar com a secretária de saúde do município, Dra. Joana Maciel, para apresentar a situação. “Vamos conversar com a secretária Dra. Joana Maciel e com a Dra. Anistela para encontrarmos a melhor maneira de não causar nenhum sofrimento no atendimento e de garantir a seleção de profissionais qualificados que possam dar a atenção especializada para esses pacientes. Vamos convidar também os gestores dos SAEs, e daqui a 15 dias eles vão vir para apresentar na reunião da Frente como está a gestão, o abastecimento dos medicamentos, o atendimento”, ressaltou.

Para o representante da Rede Nacional de Pessoas Vivendo com HIV/AIDS, Vando Oliveira, a reunião foi bastante produtiva. “Nessa segunda reunião continuamos apresentando a pauta de demandas das pessoas portadoras do vírus HIV, que vai desde a odontologia, na dificuldade de atendimento até o direito ao passe livre, como também a realização de campanhas preventivas nas escolas e no geral estamos avançando com vários encaminhamentos”, frisou.

A Frente encaminhou o agendamento de reunião com a secretária de educação, Dalila Saldanha para tratar sobre a realização de campanhas nas escolas do município. “Vamos poder trazer algo mais de concreto, se a secretária abrir esse espaço para falarmos sobre a importância da prevenção, já que hoje o maior número de diagnóstico da doença está entre os jovens”, relatou Vando.

A entidade também denunciou a recusa de atendimento odontológico por alguns profissionais da rede pública de saúde. “Uma das reclamações da entidade é que quando os pacientes falam que são portadores do vírus HIV, o dentista sequer atende e isso é um absurdo. Temos que acabar com esse estigma do preconceito”, ressaltou.

De acordo com Dr. Eron, todas as demandas serão acolhidas e posteriormente tratadas com o prefeito Roberto Cláudio (PDT). “Nós tivemos uma reunião muito boa. Foram apresentadas várias demandas, desde a atenção da oftalmologia, odontologia, urologia e a nossa Frente Parlamentar está acolhendo esse conjunto de solicitações para depois tratarmos com o prefeito”, relatou.

Veja Mais