Últimas Notícias
Fortaleza supera a marca de um milhão de primeiras doses aplicadas contra a Covid-19
Home Últimas Notícias Fortaleza supera a marca de um milhão de primeiras doses aplicadas contra a Covid-19

 

As lágrimas de emoção não foram contidas no momento do recebimento da primeira dose da estudante de pedagogia Iara Veras, de 39 anos. Ela foi uma das contempladas com o imunobiológico da Pfizer na manhã deste sábado (26/06), na Policlínica Dr. Luiz Carlos Fontenele. Empolgada pelo momento, Iara levou placas de incentivo à vacinação e até presente para a enfermeira que a atendeu na ocasião.

“Torço e incentivo para que as pessoas se vacinem, ainda mais diante da onda de negação da ciência e da vida que estamos vivendo. Esperei muito que chegasse minha vez, porque muitas pessoas faleceram sem tomar essa vacina. Esta dose que tomo é por mais de 500 mil brasileiros irmãos meus que deveriam estar aqui, crianças que ficaram órfãs, adultos que ficaram desestabilizados e famílias com membros a menos”, disse.

Moradora da comunidade Caça e Pesca, a estudante conta que vem auxiliando outros habitantes da periferia a se cadastrarem no site Saúde Digital. “Nem todo mundo tem acesso às plataformas digitais, ou possuem dificuldade de locomoção e não conseguem ir ao Cras. Eu, meu sobrinho e minha irmã chamamos para cadastrar no celular, apesar de não ser uma corrente grande, é algo que pode mobilizar os vizinhos mais próximos”, contou.

Mais de um milhão de pessoas já receberam a primeira dose da vacina contra a Covid-19 em Fortaleza. O número, que representa 16 vezes a capacidade máxima da Arena Castelão, foi divulgado na manhã deste sábado nas redes sociais do prefeito José Sarto.

A fase dos grupos da população geral por idade deu muita celeridade ao processo, conforme o coordenador da Rede de Atenção Primária e Psicossocial da Prefeitura, Erlemus Soares. “Já vacinamos mais população geral do que pessoas dos outros grupos, e agora a checagem é muito rápida. É apenas o agendamento, a data de nascimento e o CPF cadastrado. Hoje, estamos atendendo pessoas de até 36 anos, e isso tem sido muito bacana e por isso atingimos essa marca de um milhão de vacinados no município”, explicou.

 

Além disso, a capacidade de agendamento instalada em Fortaleza permite uma grande quantidade de pessoas vacinadas por dia. “Diariamente, temos condições de realizar 31 mil agendamentos, e hoje estamos batendo um recorde, com mais de 70 mil pessoas agendadas em 106 unidades abertas, incluindo drives, postos de saúde, shoppings RioMar Fortaleza e Kennedy, North Shopping Jóquei, Centro de Eventos, enfim, a nossa expectativa é que nesta segunda não tenhamos mais estoque de primeira dose”, disse o coordenador.

Para a enfermeira Marília Magalhães, que está vacinando atualmente no posto Dom Aloísio Lorscheider, no bairro Itaperi, quanto mais gente vacinada, melhor para toda a população. “O vírus terá sua circulação diminuída, pois não terá mais pessoas contraindo. Então nós, como trabalhadores da saúde, estamos muito felizes, pois sofremos muito com a pandemia. Além de muitos falecidos pela doença, muitos pegaram a síndrome de Burnout, pelo estresse e pelo medo, então estamos gratos que a vacina já está disponível para todo mundo”, relatou.

O profissional autônomo Cristiano Bezerra da Silva foi atendido pela enfermeira Marília no Itaperi. Ele conta que perdeu o pai recentemente, há cerca de três meses, e para ele, é uma vitória estar recebendo a primeira dose. “Um ano atrás a gente nem imaginava que hoje poderia estar vivendo esse momento. A gente só via morte. A vacina chegou e de repente as faixas etárias estão sendo chamadas, só temos que agradecer pela ciência e pelo SUS que rapidamente conseguiu essa proteção para nós. A primeira parte já está concluída”, disse.

Veja Mais