Coberturas
Evandro Leitão defende liberação da vacina Sputnik V no Brasil
Home Últimas Notícias Evandro Leitão defende liberação da vacina Sputnik V no Brasil

 

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Evandro Leitão (PDT), destacou, na abertura da sessão plenária da última quinta-feira (15/04), realizada via Sistema de Deliberação Remota (SDR), a importância de o Governo do Ceará conseguir a liberação da vacina russa Sputnik V, para poder ampliar a imunização de cearenses contra a Covid-19.

No último mês de março, o governador do Estado, Camilo Santana, sancionou lei aprovada pela Assembleia Legislativa que autoriza o Executivo estadual a adquirir 5,8 milhões de doses da vacina, por meio de uma compra direta com o Fundo Soberano Russo.

Segundo Evandro Leitão, desde então, todos os procedimentos necessários foram realizados para concretizar a aquisição. Porém, em razão da demora da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizar o uso do imunizante no País, o Governo do Ceará decidiu entrar com uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) para que acelerar a liberação.

“O quantitativo de vacina que tem chegado ao Ceará não tem sido suficiente para atender a nossa população. Por conta disso, os nove estados nordestinos fecharam a compra de cerca de 37 milhões de doses da vacina Sputnik V”, assinalou o presidente da AL.

Na avaliação do parlamentar, o Plano Nacional de Vacinação contra a Covid-19 começou de forma tardia em relação a outros países e, diante da falta de planejamento e de ações da União no que diz respeito à pandemia e suas responsabilidades, as ações precisaram ser compensadas pelos estados.

“Lamentamos que mais de 362 mil vidas tenham sido perdidas para a Covid-19 no Brasil, e devemos fazer de tudo para que nenhuma mais seja perdida para essa doença”, salientou o chefe do Poder Legislativo.

Para ele, ao receber as doses da vacina russa, o Ceará poderia imunizar grande parte da população, o que significaria salvar vidas, bem como garantir o retorno de atividades, com a abertura do turismo e outros setores.

O presidente da AL observou ainda que, até quarta-feira (14/04), mais de 15 mil pessoas morreram no Estado por conta da Covid-19. Em respeito a essas vidas perdidas, ele solicitou que fosse prestado minuto de silêncio.

Evandro Leitão comentou ainda sobre a campanha de arrecadação de alimentos organizada pela Casa para ajudar as famílias cearenses mais vulneráveis em razão da pandemia. “Nós arrecadamos 33 toneladas de alimentos e as cestas básicas já foram entregues para diversas entidades e comunidades. Agradeço a todos os deputados que contribuíram de alguma forma, assim como todos aqueles que se envolveram”, enalteceu. O deputado ressaltou ainda que a campanha continua e que a Casa segue recebendo doações.

Veja Mais