Últimas Notícias
Em Caucaia, ações do Setembro Amarelo contam com participação da deputada Érika Amorim
Home Últimas Notícias Em Caucaia, ações do Setembro Amarelo contam com participação da deputada Érika Amorim

 

Estudantes da Escola Estadual de Educação Profissional Professor Antônio Valmir da Silva, em Caucaia, participaram nesta terça-feira (14) da Oficina Despertar. A ação, promovida pela Assembleia Legislativa e pelo Departamento de Saúde e Assistência Social da Casa (DSAS), em alusão à campanha Setembro Amarelo, contou com a participação da presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Saude Mental e Combate à Depressão e ao Suicídio, deputada Érika Amorim (PSD).

“Parabéns à Assembleia Legislativa por essa iniciativa que destaca o tema levando informações para cada vez mais perto dos estudantes. Além de dialogar sobre o momento de pedir ajuda, a oficina forma uma rede protetiva, mostrando a necessidade de acolher e da empatia”, frisou a parlamentar.

Durante o evento, os estudantes receberam uma cartilha informativa e assistiram a uma palestra das profissionais do Departamento de Saúde da Assembleia: a psicóloga do Núcleo de Saúde Mental, Karine Diógenes, a psicóloga do Núcleo de Prática Sistêmicas, Isabel Martins, e a advogada do Núcleo de Gestão de Conflitos, Raíssa Gomes.

“Ficamos muito empolgados ao ver a empolgação dos próprios alunos, todo o engajamento que eles demonstraram desde que chegaram aqui, cuidando dos mínimos detalhes. Essa campanha tem essa característica: o foco nos detalhes e em demonstrar atenção ao outro”, elogiou Érika Amorim, elogiando o engajamento da diretora Caroline Nepomuceno e da presidente do grêmio estudantil e aluna do 2° ano, Aline Moura.

Na oportunidade, a deputada Érika Amorim também entregou aos alunos a nova edição da cartilha Alegria de Viver, uma produção do mandato assinada pela psicopedagoga Andreia Lima. A publicação aborda temas como identidade, autoestima, resiliência, relacionamentos, família e diversos tipos de inteligência, além de trazer informações sobre como identificar e abordar uma pessoa em situação de risco relacionado ao suicídio ou a prática de automutilação.

SETEMBRO AMARELO ITINERANTE
A Oficina Despertar é uma iniciativa dos servidores dos núcleos de Saúde Mental, de Mediação e Gestão de Conflitos e de Práticas Sistêmicas Restaurativas, vinculados ao DSAS da AL e voltados para práticas de autoconhecimento, autocuidado, aprendizagem da comunicação adequada e discussão sobre saúde mental.

A oficina conta com material de apoio próprio: a cartilha “Oficina Despertar”, criada pelas profissionais do DSAS e publicada pelo Instituto de Estudos e Pesquisas sobre o Desenvolvimento do Estado do Ceará (Inesp). A publicação apresenta informações sobre questões relevantes para a saúde mental, como autoconhecimento, resiliência, comunicação, relacionamentos, identificação de sentimentos e emoções e as formas de pedir ajuda.

Com informações da Agência Alece

Veja Mais