Coberturas
Deputados destacam ações de combate ao coronavírus e sugerem novas medidas
Home Últimas Notícias Deputados destacam ações de combate ao coronavírus e sugerem novas medidas

 

Deputados destacam ações de combate ao coronavírus e sugerem novas medidas

Durante a apresentação do secretário de Saúde do Estado, Dr. Cabeto, no segundo expediente da sessão plenária da Assembleia Legislativa, nesta  terça-feira (17/03), vários parlamentares se manifestaram destacando as  ações de combate à proliferação do novo coronavírus (Covid-19) no Ceará. Os deputados elogiaram as medidas do Governo Estadual e apresentaram suas preocupações, sobretudo com a chegada do vírus em áreas mais pobres da cidade.

Eles chamaram a atenção para questões como fornecimento de água nas periferias e ausência no comércio de álcool em gel e outros produtos utilizados para dificultar o contágio.

O deputado Guilherme Landim (PDT) informou que apresentará projeto de lei que permite, enquanto o plano de contingência estiver em vigor, que as concessionárias de água, energia e gás sejam impedidas de suspender seu fornecimento. “Não falamos em perdão de dívidas, mas sim, que não sejam interrompidos seus fornecimentos enquanto a pandemia estiver acontecendo”, informou.

Os deputados Elmano Freitas (PT) e Romeu Aldigueri (PDT) chamaram a atenção para a ausência de álcool em gel nas prateleiras de supermercados e farmácias. Aldigueri propôs que o Governo do Estado faça uma compra do produto e possibilite a aquisição dele por parte dos municípios.

De acordo com Elmano Freitas, este seria o momento para o Governo estabelecer uma parceria com os produtores de álcool em gel, detergente e todo tipo de produto que dificulte o contágio, “aumentando a oferta e garantindo o acesso da população”.

O deputado Fernando Hugo (PP), presidente da Comissão de Defesa do Consumidor, ressaltou as ações de fiscalização do Procon Assembleia para tentar coibir os preços abusivos cobrados pelas máscaras e pelo álcool em gel. “Não podemos aceitar essa injúria comportamental. Os comerciantes precisam entender que esse oportunismo é inaceitável”, declarou.

O deputado Delegado Cavalcante (PSL) destacou ações do Governo Federal no enfrentamento à pandemia desenvolvidas em parcerias com os estados, as articulações dos diversos ministérios no enfrentamento ao problema e os investimentos feitos na saúde.

O deputado Jeová Mota (PDT) parabenizou a rapidez com que o Governo do Estado, através do secretário de Saúde, Dr. Cabeto, iniciou o trabalho no enfrentamento da pandemia, quando ela ainda sequer tinha chegado ao País.

Já o deputado Sérgio Aguiar (PDT) cobrou uma maior orientação sobre a metodologia de investigação de suspeita de infecção. Outro ponto questionado diz respeito ao pico de infecção, se realmente será entre os meses de abril e maio, “e o que temos até agora em relação à cura dos contaminados”, frisou.

O deputado Nezinho Farias (PDT) elogiou as medidas adotadas e chamou a atenção para a situação de empresas que funcionam com muitos funcionários, que não poderão seguir a recomendação de quarentena, e o impacto que a propagação do vírus terá na economia do Estado. “Precisamos avaliar o que fazer nesses casos, mas, de toda forma, já temos um bom pacote de medidas como essas anunciadas”, disse.

O deputado Acrísio Sena (PT) classificou que a maior luta que a sociedade enfrenta é contra as fake news. Ele avalia que deve ser criada uma “linha segura” de informação preventiva sobre o vírus. Já o  deputado Agenor Neto (MDB) pediu que fossem deixados de lado os pensamentos políticos para seguir o “exemplo do governador Camilo Santana”, que atuou com planejamento, recursos e em nenhum momento politizou o tema.

A deputada Doutora Silvana (PL) elogiou o secretário de saúde, Dr Cabeto, e avaliou ser a pessoa certa para administrar a pasta nesse momento. A parlamentar comunicou que repassou as medidas anunciadas pelo governador a pastores no interior do Estado para a adequação das igrejas evangélicas às recomendações do Governo Estadual.

O deputado Moisés Braz (PT) parabenizou o governador Camilo Santana e também o secretário Cabeto pela “agilidade e forma séria” de tratar do assunto. O deputado Carlos Felipe (PCdoB) disse que o Ceará teve a oportunidade que outros países não tiveram de se planejar, pois não tinham informações sobre a doença. O parlamentar destacou que a prática de isolamento, segundo ele, é uma das políticas mais competentes de contenção da doença.

Os deputados Heitor Ferrer (SD), Soldado Noelio (Pros), Davi de Raimundão (MDB) e Augusta Brito (PCdoB) também parabenizaram as ações apresentadas pelo secretário, assinalando que o momento exige dos homens públicos ações para preservar o maior número possível de vidas humanas.

O deputado Nizo Costa (PSB) informou que está pedindo aos operadores do transporte complementar do Estado que façam higienização diária dos veículos e orientem os passageiros sobre os cuidados para evitar o coronavírus.

O deputado Queiroz Filho (PDT) repassou informações sobre medidas tomadas pela Prefeitura de Fortaleza. O deputado Audic Mota (PSB) pediu agilidade na liberação de recursos para os municípios, principalmente relacionados ao custeio da saúde, para compra de equipamentos e de material descartável. Já Vitor Valim (Pros) fez um apelo para que o transporte público só permita a utilização da quantidade de passageiros sentados e pediu o conserto do tomógrafo da  Policlínica de Caucaia.

Veja Mais