Últimas Notícias
Cursos de Segurança Cibernética do SENAI Ceará preparam profissionais para proteger informações e sistemas contra ameaças
Home Últimas Notícias Cursos de Segurança Cibernética do SENAI Ceará preparam profissionais para proteger informações e sistemas contra ameaças

 

A segurança cibernética envolve a proteção de informações e sistemas contra grandes ameaças, tais como o terrorismo cibernético, a guerra cibernética e a espionagem. A segurança cibernética é uma parte crítica da estratégia de segurança de qualquer governo ou instituição privada. Durante a pandemia da COVID-19, os ataques cibernéticos aumentaram consideravelmente em todo o mundo. Nesse contexto, o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) implantou, em cinco estados brasileiros, a Academia SENAI de Segurança Cibernética. O SENAI Ceará foi uma dos estados contemplados e possui expertise, equipamentos e docentes preparados para treinar profissionais nessa área.

Uma das principais capacitações é o “Curso prático de simulação hiper-realista de ataques cibernéticos”, de 40 horas. O curso foi desenvolvido com metodologia focada no trabalho em equipe, em habilidades de liderança, técnicas de comunicação e conhecimento técnico. É totalmente prático, com exercícios interativos, possibilitando que os alunos sejam desafiados em uma série de cenários cada vez mais complexos, em uma intensa experiência imersiva em um ambiente cibernético extremamente aplicável a incidentes do mundo real.

Nas dinâmicas do curso o aluno será capacitado a identificar sistemas comprometidos e afetados, detectar como e quando ocorre uma violação ou um ataque no sistema, aprender a mitigar os danos nos ataques sofridos, reverter ataques e evitar novos, realizar avaliação de danos e determinar o que foi roubado ou alterado, conter e corrigir incidentes como defesa, e treinar as habilidades de defesa e ataque, por meio de diversas técnicas para burlar proteções, identificação e bloqueios de ataques.

Os cursos disponíveis utilizam o Simulador hiper-realista de ataque e defesa cibernética (SIMOC Cyber Range). Criado pela RUSTCON para o Exército brasileiro e escola CCOMGEX/CIGE (Centro de Instrução de Guerra Eletrônica), ele é utilizado em exercícios multi-forças do Ministério da Defesa.

Na etapa final do curso os alunos participarão de uma competição na modalidade Capture the Flag (CTF), vivenciando um intenso trabalho em equipe em diversos desafios de segurança cibernética. O público-alvo da capacitação é formado por profissionais de segurança cibernética, profissionais de segurança de rede e Tecnologia da Informação (TI) em geral.

Saiba mais
De acordo com estimativas de especialistas, a área deve gerar 4,5 milhões de empregos até 2021. Cerca de 68% das organizações lutam para recrutar, contratar e reter talentos de cibersegurança. Os profissionais precisam de treinamento especializado e constante ao longo da carreira.

Em 2019, 3% das organizações registraram pelo menos uma intrusão ou violação parcialmente atribuída a uma lacuna em habilidades de segurança cibernética.

O SENAI está ofertando cursos gratuitos e com descontos, na modalidade EAD para você estudar agora. Não perca essa oportunidade de se preparar para o futuro do mercado de trabalho.

Clique AQUI e veja os cursos do SENAI ofertados nessa área.

Para mais informações: (85) 4009-6300

Veja Mais