Coberturas
Colégio de Líderes define que vereadores poderão doar parte dos salários para apoiar combate ao coronavírus
Home Últimas Notícias Colégio de Líderes define que vereadores poderão doar parte dos salários para apoiar combate ao coronavírus

O Colégio de Líderes se reuniu na manhã desta segunda-feira (13) para definir novas medidas da Câmara Municipal para o enfrentamento do coronavírus em Fortaleza.

Entre as ações, foi definido que será elaborado um Ato da Mesa Diretora que faculta a doação de parte dos salários dos parlamentares para o Fundo Municipal de Saúde. O valor, determinado por cada vereador, voluntariamente, será destinado para compra de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para profissionais da rede municipal de saúde.

“É uma importante medida para a Câmara Municipal continuar contribuindo para o fim dessa epidemia. Vamos normatizar essas doações, por desconto de salários, através de Ato da Mesa Diretora. No mês de abril, esse desconto será destinado para compra de EPIs para os profissionais da saúde. Caso a crise perdure, debateremos o destino da verba para o mês seguinte”, explicou o presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, Antônio Henrique (PDT).

Durante a reunião, os parlamentares demonstraram preocupação com os casos de Covid-19 que foram confirmados na periferia da Capital. O grupo sugeriu ainda que os vereadores que possuem carros de som, colocarão a serviço nas comunidades em que atuam, para reforçar as medidas de prevenção ao coronavírus, levando orientações à população.

Os vereadores discutiram também medidas de combate a disseminação de fake news, que prejudica as ações do Poder Público no combate a essa crise. Os membros da Frente Parlamentar de Enfrentamento ao Coronavírus aproveitaram a reunião para atualizar os demais vereadores sobre as atividades do grupo destacado pela Câmara Municipal para monitorar as medidas de prevenção e tratamento contra a Covid-19.

Participaram da reunião os vereadores Esio Feitosa (PSB), Plácido Filho (PSDB), Iraguassú Filho (PDT), Larissa Gaspar (PT), Libânia (PL), Evaldo Lima (PCdoB), Cláudia Gomes (DEM), Idalmir Feitosa (PSD), Casimiro Neto (MDB), Kátia Rodrigues (Cidadania), Emanuel Acrízio (vice-líder – PP), Odécio Carneiro (SD).

Veja Mais