Últimas Notícias
Ceará recebe 19º lote de vacinas contra Covid
Home Últimas Notícias Ceará recebe 19º lote de vacinas contra Covid

O Ceará acaba de receber a 19ª remessa de vacinas para a imunização da população contra a Covid-19, que chegou ao Estado em avião que pousou no Aeroporto de Fortaleza no fim da tarde desta quinta-feira (6). O novo lote enviado pelo Programa Nacional de Imunizações (PNI), de responsabilidade do Governo Federal, contém 162.100 doses da Oxford/AstraZeneca. Os imunizantes serão distribuídos imediatamente para os municípios cearenses.

“O Ceará recebeu mais um lote com doses da vacina AstraZeneca. Além disso, 45.630 doses da Pfizer também serão enviadas ao Estado, em horário a confirmar, de acordo com relatório do Ministério da Saúde. Até o fim de semana há previsão de recebermos mais vacinas CoronaVac, que serão utilizadas para as segundas doses que ainda não foram aplicadas. Continuamos lutando por mais vacinas para todos os cearenses”, apontou o governador Camilo Santana.

Decisão na justiça

Após decisão na Justiça Federal favorável ao Ceará, o Estado ainda aguarda que a União (Ministério da Saúde) envie a quantidade necessária para aplicação da segunda dose (D2) da vacina CoronaVac para todas as pessoas dos grupos prioritários que já haviam recebido a primeira dose e estão com o prazo de 28 dias entre as aplicações vencido, sob pena de multa diária de R$ 100.000,00 (cem mil reais). A ação determinou que 49.000 doses do imunizante deveriam ter sido enviadas de forma imediata.

Vacinômetro

Com os envios de quinta-feira, o Ceará chega ao total de 2.877.300 doses recebidas do Ministério da Saúde (MS), das quais 2.141.348 milhões já foram aplicadas, entre primeira e segunda dose. Os dados são do Vacinômetro, com o acumulado de até às 17 horas da última quarta-feira (5). Seguindo orientação do MS, o 19° lote será destinado para a 3ª fase da Campanha de Vacinação.

Terceiro grupo prioritário

Com o recebimento deste lote, o Ceará continuará a imunização do terceiro grupo prioritário, que contempla pessoas com comorbidades (doenças crônicas), deficiência permanente grave e grávidas. A comprovação de que possui algum desses pré-requisitos deve ser feita com a apresentação de um atestado, prescrição ou relatório médico especificando a indicação da vacina pelo médico.

Veja Mais