Coberturas
Câmara Municipal presta homenagem ao Dia da Reforma Protestante
Home Últimas Notícias Câmara Municipal presta homenagem ao Dia da Reforma Protestante

A Câmara Municipal de Fortaleza realizou, na última quinta-feira (31), no plenário vereador Fausto Arruda, Sessão Solene em homenagem ao Dia da Reforma Protestante. A solenidade foi proposta através do requerimento 5152/2019 de autoria do vereador Gardel Rolim (PDT). Comemorado no dia 31 de outubro, o Dia da Reforma Protestante faz alusão ao movimento iniciado por Martinho Lutero que condenou, em suas 95 teses, a prática de indulgências, iniciando o debate que aperfeiçoou a prática do cristianismo.

A sessão foi presidida pelo vereador Gardel Rolim, no ato representando o presidente da Câmara, Antônio Henrique (PDT). A mesa de honra foi composta por Inês Helena Ribeiro, técnica da Secretaria de Educação do Município, representando a secretária Dalila Saldanha; Pastor Salomão Liberato, representando a Comece; Pastor Ricardo Régis, representando a Igreja Presbiteriana do Brasil; Pastor Eraldo, representando a Sociedade Bíblica do Brasil; Pastor Cleiton Pimentel, representando a Igreja Congregacional.

Em sua saudação aos presentes, Gardel Rolim destacou que a importância do Dia da Reforma Protestante. “Após o sofrimento de Jesus na cruz, a reforma foi o evento mais importante da humanidade. Viemos aqui louvar a Deus. As últimas semanas de lutas, de batalhas, foram árduas, pois travamos uma batalha espiritual e não por coincidência, hoje tivemos vitórias importantes nessa casa. Estamos aqui para cultuar nosso Deus, e dizer que esse plenário vai receber o povo de Deus para louvar e agradecer. E para dizer que a Reforma é muito importante em nossa vida, pois foi com base nela que construímos nossa fé. Ela transformou não só a vida de quem estava dentro dos muros da igreja, mas formou a sociedade que vivemos hoje,” afirmou.

Segundo Gardel, as pessoas foram levadas a ouvir que todos são iguais perante Deus. “Cristo morreu por todos, dos mais ricos aos mais pobres. Eu que tenho uma formação cristã evangélica, reformada, nasci e me criei na Igreja Presbiteriana. Fiquei surpreendido com a presença dos meus pais que não estavam no Ceará, agradeço a Deus, pois foi por eles que aprendi a caminhar na Igreja. Foi lá que me batizei, me formei, fui professor da escola dominical. Tudo aquilo foi que me trouxe até aqui”.

“Clamo a Deus que na posição que estou aqui como servo do senhor nessa Casa, que Deus possa me usar para transformar a vida das pessoas, Tenho sonho de ver Fortaleza rendida aos pés do Senhor. Tenho um sonho que todos nós possamos sair das igrejas e fazer cultos nas praças para que as pessoas possam ouvir e entender que não vamos mudar a cidade se não for na fé em Cristo. Peço a todos que continuem em oração pelos homens e mulheres cristãs que trabalham nessa Casa, na Assembleia, no Congresso, nas instituições executivas, que ocupam espaços importantes na administração pública dessa cidade. Sentir que precisamos extravasar o amor de cristo. Precisamos protestar com fundamento teológico bíblico, que repercuta em uma nova cidade, um novo estado um novo pais. Me sinto honrado pela presença de todos, para cultuarmos nosso Deus aqui. Aqui podemos declarar que só Deus é o senhor de nossas vidas!”, concluiu.

Em seguida a cantora Rafaela Manvile entoou o louvor “Tu és fiel”. A palavra foi concedida ao pastor Ricardo Régis da Igreja Presbiteriana, que fez uma oração iniciando com a palavra bíblica: “Deus amou o mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha vida eterna. Quando Nicodemos procurou Jesus não sabia que ouviria o milagre do novo nascimento. Jesus disse a Nicodemos que ele precisava nascer de novo, mas não o biológico e sim o nascimento espiritual. Daquela conversa nasceu a palavra áurea de toda escritura. Quinze séculos depois, uma igreja de homens e mulheres sempre carentes de Deus, não era imune as heresias, aos desvios teológicos e práticas. Estava mergulhada em trevas profundas, longe das escrituras. Pois aquela Igreja cometeu terríveis erros que a mergulharam em trevas sombrias”, disse.

“Mas Deus que zela por sua Igreja e não a abandona. Homens enfrentaram o clero para que a igreja retornasse aos fundamentos e princípios que ela precisava. No dia 31 de outubro se abria um novo ciclo, mas foi um referencial de uma mudança que vinha acontecendo na Igreja. Após a luta de tantos, 502 anos depois vemos hoje uma nova igreja, longe do paganismo. Estamos aqui reunidos com tantas expressões evangélicas. Muitos nem gostam de ser chamados de evangélicos, mas o evangélico foi ao primeiro título dado a quem aderiu a reforma. Temos que ter o orgulho santo de sermos evangélicos,” comentou. Em seguida houve a apresentação do Coral Vozes do Ceará, que tem a direção de Marister Frota Prado e reúne fiéis de 10 igrejas do Ceará.

Após a fala, foram feitas as homenagens alusivas ao Dia da Reforma Protestante, com a entrega de um certificado e uma Bíblia comemorativa. Os homenageados foram: pastor Francisco Paixão Bezerra Cordeiro, da Ordem dos Ministros do Ceará; Pastor Eraldo Nascimento Feitosa, da Sociedade Bíblica Brasileira; Pastor Marcos Vieira Monteiro, Primeira Igreja Batista Brasileira; Pastor Danilo Freitas Fernandes, Missão Evangélica Pentecostal do Brasil; Pastor João Alves Filho, Seminário e Instituto Bíblico Maranata; Pastor Sonienson Pereira Roque, Igreja Wesleyana; Pastor Othoniel Silva Martins, Igreja Presbiteriana do Brasil; pastor Expedito Batista Filho, Igreja Cristã Evangélica do Brasil; pastor Arnaldo Hoffman Filho, da Igreja Luterana;, Marcos Sérgio Pinheiro de Oliveira; Convenção de Igrejas e Ministros Gileade; Ezequias Torquato Freitas, da Comunidade Esperança.

Em nome dos homenageados falou o Pastor Othoniel, com mais de 60 anos de ministério, que destacou a coragem de Martinho Lutero e de seus companheiros que enfrentaram os poderosos para exaltar o nome de Cristo. Ao final, o diácono Maurício Rolim, pai do vereador Gardel Rolim fez a oração final.

Veja Mais