Últimas Notícias
Câmara municipal homenageia homens e mulheres que representam a cultura e a força dos fortalezenses
Home Últimas Notícias Câmara municipal homenageia homens e mulheres que representam a cultura e a força dos fortalezenses

A Câmara Municipal de Fortaleza, através da sua Coordenadoria de Comunicação Social, decidiu homenagear personalidades fortalezenses que representam seu povo e sua cultura através de dois materiais gráficos, uma agenda e um calendário. Os homenageados são seis homens e seis mulheres que contribuíram com suas vivências em várias áreas da Capital, seja na criação de projetos sociais ou disseminação de nossas tradições. Pessoas que se destacam por seus atos de amor e que carregam Fortaleza em sua própria história.

Segundo a coordenadora de Comunicação Social da CMFor, Renata Sampaio, os produtos valorizam também o trabalho dos profissionais da Comunicação da Casa, através do acervo fotográfico do Legislativo. “A ideia foi apresentada pelo fotógrafo Mateus Dantas, que é um profissional premiado em nossa cidade e traz a imagem de 12 pessoas que personificam o lema da Casa ‘Nossa Gente, Nossa Fortaleza’. A sugestão foi encampada pelo presidente Antônio Henrique e pela Mesa Diretora da Casa, que avaliaram a importância de prestar essa bela homenagem a cidadãos que bem representam a nossa terra”, ressalta.

Mateus Dantas enfatiza que a imagem de Fortaleza está muito ligada aos seus pontos turísticos, que geralmente são utilizadas em publicações sobre a cidade. “Em vez de destacarmos esses locais, a ideia principal do calendário e da agenda 2021 da Câmara Municipal de Fortaleza foi humanizar a forma que enxergamos nossa cidade. Associar nossa cultura, economia, esporte a rostos menos conhecidos. Dar voz e vez para pessoas que fazem a capital funcionar. Mostrar que nosso maior patrimônio é a nossa gente”, destaca o fotógrafo.

Na apresentação da Agenda, o presidente da Câmara, Antônio Henrique (PDT) destacou que o povo de Fortaleza é sempre prioridade e orgulho para seus representantes. “Justamente por isso, resolvemos trazer nessa publicação o rosto de homens e mulheres que representam a força, a coragem e a generosidade de nossa gente. Por trás de cada olhar, uma história que nos inspira e nos motiva a fazer mais por cada morador de Fortaleza”, pontuou Antônio Henrique.

Os homenageados

Dr. Sulivan Mota é presidente do Instituto da Primeira Infância (Iprede) há 14 anos, é médico pediatra e mestre em Pediatria pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

Paul Moura é morador do Jardim América e representa a figura do Rei do Maracatu Nação Baobab. Há 25 anos faz parte da história do Maracatu cearense.

Nem é mais conhecido como Rei da Língua, conquistou o paladar dos cearenses com seus pratos típicos da terra em sua banca no Mercado São Sebastião.

Fera nasceu na região da Praia do Titanzinho. É mestre do surf e acumula 24 anos ensinando o esporte sobre as ondas. É idealizador da Escola Beneficente de Surf Titanzinho (EBST)

Neusa Bezerra é marisqueira há 38 anos, aprendeu a atividade com sua avó. Mãe de sete filhos que sobrevivem da extração do marisco.

Francisco de Assis, conhecido como Tenente Araújo, há 29 anos tem atuado na preservação do Parque do Cocó. Navegando pelas águas do rio na embarcação “Marta”, o tenente Araújo recolhe resíduos jogados nas águas e em suas margens.

Cleide Costa, rendeira há mais de 50 anos. Aprendeu com a mãe a arte da renda com bilros

Raimundo dos Queijos é parte da memória afetiva do Centro de Fortaleza. Seu restaurante funciona desde 1978 e é reconhecido como Patrimônio Turístico de Fortaleza.

Izabella Gomes é gestora de projetos do Instituto Vida Videira (IVV) entidade evangélica que desenvolve um trabalho de assistência social com mais de 400 famílias de Fortaleza nas áreas de educação, saúde, esporte e cultura.

Zilma Cavalcante é doutora em gerontologia. Vem trabalhando a temática do envelhecimento por meio da Universidade sem Fronteiras (Unisf)

Luciene Félix é bailarina e fundadora da Escola de Dança Ballet Raio de Sol. A Escola funciona desde 1999 na comunidade do Planalto Pici e assiste 100 crianças.

Olga Freire é fundadora da Associação Peter Pan. A ideia nasceu a partir de um gesto de solidariedade. Hoje a Instituição, com mais de 20 anos de serviços prestados, é referência no tratamento de crianças com câncer no Estado.

Veja Mais