Coberturas
Câmara concede o Título de Cidadão de Fortaleza ao Pastor Costa Neto
Home Últimas Notícias Câmara concede o Título de Cidadão de Fortaleza ao Pastor Costa Neto

Em sessão solene, na última terça-feira (29) a Câmara Municipal de Fortaleza fez a entrega do Título de Cidadão de Fortaleza ao Pastor Cícero Francisco da Costa Neto, proposto pelo Decreto Legislativo 793/2017, apresentado pelo vereador Carlos Mesquita (PROS). A solenidade foi dirigida pelo presidente do Legislativo Municipal, Antônio Henrique (PDT).

Mesa de honra foi composta pelas seguintes autoridades: vereador Carlos Mesquita, autor da homenagem; secretário de Estado chefe da Casa Civil, José Élcio Batista, no ato representando o governador do Estado, Camilo Santana; deputado estadual Queiroz Filho, representando o presidente da Assembleia Legislativa, Sarto Nogueira e o coordenador especial das secretarias regionais, Renato Lima, representando o prefeito Roberto Cláudio. Estiveram presentes também os vereadores Jorge Pinheiro (DC) e Priscila Costa (PRTB).

Em sua saudação ao homenageado e aos presentes, o vereador Carlos Mesquita, falou de sua alegria de realizar esse reconhecimento. “O bom discurso é quando deixamos nosso coração falar. Dizer ao homenageado, amigos da comunidade Mesquita e da comunidade Videira, que há 9 anos fui convidado por um amigo para ir a um culto na Igreja Videira. Relutei por ser católico, mas fui na Videira Sul. O que me chamou mais atenção é que a Videira é uma igreja acolhedora, onde todos são iguais. Não se vê lá discriminação por classe, social, raça, ou outra coisa qualquer”, disse.

Segundo ele, as pessoas vão lá com problemas e saem confortadas. “Vi muitos exemplos de que o que acontece lá é espontâneo, não é nada montado. A palavra traz a autoestima, a conformação. O que me encantou mais, foi quando vi o seu louvor pastor. Então estou muito feliz de fazer essa homenagem. Você merece muito mais do que está escrito aqui em meu discurso, que não li, por isso estou falando diferente, com o coração. Também vejo que o Pastor é muito querido por todos que comparecem a Videira”, enfatizou.

O vereador então pediu a alguns presentes a darem depoimentos sobre a Videira e sobre o pastor Costa Neto. Falaram, ainda, o chefe da Casa Civil, Élcio Batista e o deputado Queiroz Filho, que destacaram o trabalho social e espiritual que a Videira vem realizando e mudando a vida de muitas pessoas. “Temos que cultivar mais a espiritualidade nesse mundo atual, coisa que o pastor Costa Neto faz. Fico feliz com essa noite. Entendo que as homenagens devem ser feitas quando as pessoas estão vivas ainda”, disse Queiroz Neto. Já o secretário Renato Lima disse que a cidade de Fortaleza faz justiça ao conceder essa homenagem”.

O presidente Antônio Henrique também se pronunciou. Ele leu um trecho do livro do profeta Isaías, capítulo 61, que anuncia a vinda de Cristo, 750 anos antes. “O capítulo 61 traz o seguinte trecho; o espírito do Senhor Deus está sobre ti; porque o senhor o ungiu, para pregar boas novas aos mansos; enviou-te para restaurar os contritos de coração, a proclamar liberdade aos cativos, e a abertura de prisão aos presos. Foi para isso que Jesus veio ao mundo, mas levantou homens para pregar sua palavra, como o senhor Pastor Costa Neto. Tenho certeza que a Videira cresce, por causa de sua palavra e de seu testemunho. A cidade de Fortaleza é representada pela Casa e estamos fazendo a entrega desse título em nome do povo de Fortaleza”, disse. Se pronunciou, ainda, a esposa do homenageado, Pastora Nenên.

Em seguida foi feito um louvor “A terra estremeceu”. Após receber o Título de Cidadão de Fortaleza, o homenageado fez seus agradecimentos. “Toda homenagem vem de uma construção. Essa de hoje que estou recebendo tem uma construção. Acredito que o primeiro vem de Deus, Reconheço Deus como autor da minha vida, ele me fez, me capacitou, me deu dons talentos, e me trouxe aqui. Meus pais Jeremias e Irismar foram instrumento de Deus também nessa construção. Embora imperfeitos eles trouxeram algo muito importante, me apresentaram a Jesus. Foi a maior construção”, asseverou.

O pastor afirmou que a Igreja também compõe essa construção: “dentro da Igreja aprendi, fortaleci meu caráter, fiz as melhores amizades. Se tenho uma dívida é com a Igreja, pois nela conheci minha esposa, Nenên Costa. Quero honrar meus filhos Lucas e Andreia. Conto com o carinho e amor, vocês são meu combustível. Meu genro agregado e todos os presentes. Quero honrar também, a vida dos meus netos, minha próxima geração. Quero honrar a vida de minhas lideranças, pastores, e membros da comunidade cristã Videira. Vocês fazem parte desse momento. Essa homenagem me fortalece para continuar. E recebo a responsabilidade de cada vez mais ser uma inspiração para pessoas que estão ao meu redor,” frisou.

Disse que recebe a homenagem de uma cidade que o acolheu. “Tive oportunidade de sair, mas sinto que aqui é meu lugar. Aqui aprendi que a vida só faz sentido quando vivemos para outras pessoas. Por isso, creio que amar a Deus sobre todas as coisas e amar as pessoas é o maior legado. Quero, no final deixar também um legado. Deixar um legado para minha família. Quero deixar um legado para minha esposa, para meus filhos, de que fui um bom marido, um bom pai. Eu quero deixar um legado para minha igreja, lideres, membros, sociedade e para o mundo, o legado de que sem o evangelho de Jesus é impossível essa sociedade viver, ter paz, Justiça, se manter com pessoas de carater. O Evangelho de Jesus é, e continuará sendo uma resposta para a sociedade. Finalmente toda honra, toda glória seja dada a Deus,” finalizou.

Veja Mais