Coberturas
Bicicletar ultrapassa quatro milhões de viagens, consolidado como modal de transporte alternativo e prática de lazer
Home Últimas Notícias Bicicletar ultrapassa quatro milhões de viagens, consolidado como modal de transporte alternativo e prática de lazer

 

Ver bicicletas verdes pelas ruas tornou-se uma marca registrada do cenário urbano de Fortaleza nas vias, ciclovias e ciclofaixas. Não só como modal de transporte alternativo, mas também como uma prática de lazer cotidiana para adultos e crianças, o Bicicletr ultrapassou, neste mês de julho, a marca de quatro milhões de viagens realizadas.

Lançado em dezembro de 2014, o sistema de compartilhamento de bicicletas públicas de Fortaleza conta, atualmente, com 191 estações disponíveis, estando presente em 61 dos 121 bairros da Capital, com um funcionamento prático, acessível e confortável para os 285.540 usuários cadastrados

Consolidado como o maior sistema do tipo no Brasil em número de estações por habitantes e o terceiro em número de estações, atrás somente de Rio de Janeiro e São Paulo. Cerca de 94,04% dos usuários ativos realizam integração com o Bilhete Único.

Este é o caso de Maíra dos Santos. Ela trabalha como babá no bairro Aldeota e usa o cartão do Bilhete Único para fazer a retirada do equipamento, usando como uma alternativa ao ônibus para ir e voltar do trabalho. “Eu prefiro ir e vir de bicicleta desde que começou a pandemia. Mesmo depois da pandemia, pretendo continuar. Além disso, acabo realizando um exercício físico diário. É um hábito que eu devia ter adquirido antes. Faltava mesmo só começar a pedalar”, afirmou.

O programa é coordenado pela Secretaria Municipal da Conservação e Serviços Públicos (SCSP), por meio da equipe do Plano de Ações Imediatas de Transporte e Trânsito de Fortaleza (PAITT), em parceria com a Unimed Fortaleza. A empresa Serttel é responsável por implantar, operar e dar manutenção no sistema.

Entre janeiro de 2020 e junho de 2021, foram implantadas 111 novas estações, das quais 68 estações foram implantadas durante a pandemia da Covid-19 (a partir de março de 2020). Todas elas foram custeadas totalmente pela Prefeitura de Fortaleza, com recursos oriundos da Zona Azul.

O Bicicletar acaba sendo, ainda, uma possibilidade para quem vem conhecer a cidade e deseja fazer um passeio saudável. O servidor público Rodrigo Chaves é turista de Belém e, depois de testar o sistema por conta própria, convidou os amigos que estavam com ele na viagem para percorrer a orla da Avenida Beira Mar.

“Eu achei muito legal. Tem todas as instruções no painel, em poucos minutos conseguimos liberar as bicicletas. Quando ficamos sabendo que era gratuito durante uma hora, achamos um passeio perfeito para conhecer a cidade, de um ângulo diferente e ainda apreciando o mar”, disse.

Mini Bicicletar

Promovendo atividades saudáveis não só para adultos, o Mini Bicicletar já proporcionou mais 25 mil utilizações das bicicletas infantis, promovendo o primeiro contato de crianças com o modo cicloviário e incentivando hábitos saudáveis, sustentáveis e a vivência na cidade de forma lúdica.

O passeio na praça da família da Fernanda Morgantetti ficou mais divertido com o uso do Mini Bicicletar pelo filho Giovanni, de três anos, pela primeira vez. Para ela, destaca-se a praticidade, sobretudo em tempos de pandemia, de conseguir praticar atividades ao ar livre.

“Eu sempre pensei em usar, mas nunca tinha tentado. Ter um filho me convidou ao teste, pois é muito mais fácil eu chegar aqui e já ter a bicicleta do que trazer no porta-malas do carro, mesmo sendo uma bicicleta pequena. Inclusive gosto muito da ideia de poder pegar em um lugar e poder deixar em outra estação.

Já para Carolina Bezerra, mãe do João Davi, três anos, que já é usuária do sistema para adultos, a proposta do Mini Bicicletar é interessante para que os filhos possam pedalar junto e acompanhar o passeio. “Desta forma, a gente consegue interagir com os filhos utilizando a bicicleta, uma atividade saudável e o acesso é bem fácil, além de não necessariamente precisar possuir uma bicicleta só para fazer um passeio”.

No dia 09 de julho, foi iniciada a operação da oitava estação do Mini Bicicletar na cidade, representando mais um passo à frente dentro da política de uso do transporte não motorizado. O novo equipamento está implantado na Praça do Polar, no bairro Vila Velha (Regional 1).

Com a inauguração, Fortaleza passa a contar com oito estações do Mini Bicicletar, situadas na Praça das Flores, Polo de Lazer da Sargento Hermínio, Lago Jacarey, Praça Luiza Távora, Aterrinho da Praia Iracema, Praça João XXIII, Praça Mauá e, agora, na Praça do Polar.

Aplicativo Bicicletar

Uma nova versão do aplicativo, com interface mais ágil, segura e intuitiva, melhorando a experiência dos ciclistas e potencializando a segurança dos usuários e do próprio sistema. A nova versão do aplicativo traz, por exemplo, a possibilidade de reserva da bicicleta por cinco minutos, funcionalidade que não era disponível anteriormente.

Para aqueles que já utilizavam no celular o aplicativo do Bicicletar e Mini Bicicletar, a ferramenta foi atualizada automaticamente para a nova versão, dependendo da configuração do aparelho do usuário. Caso a atualização não tenha ocorrido naturalmente ou para aqueles que tenham interesse em realizar cadastro, basta acessar a seção Download do aplicativo Bicicletar no site www.bicicletar.com.br ou diretamente pelos links:
Sistema Android / Google Play Store
Sistema iOS / Apple Store
Sistema Windows Phone

Medidas de combate à Covid-19

Desde março de 2020, todas as estações e bicicletas do sistema de compartilhamento recebem, diariamente, uma higienização contra o novo coronavírus, incluindo a limpeza preventiva das peças mais expostas e vulneráveis ao vírus, como guidão, cesta, manetes, freios, quadro e selim.

As bicicletas que são recolhidas para a manutenção técnica recebem, ainda, uma higienização mais acentuada, antes de voltar para as estações. Esta limpeza também foi reforçada.

Veja Mais