Coberturas
Aprece realiza live sobre a importância da Lei de Emergência Cultural no contexto da pandemia
Home Últimas Notícias Aprece realiza live sobre a importância da Lei de Emergência Cultural no contexto da pandemia

 

O canal da Aprece Ceará no YouTube transmitiu, na manhã da última sexta-feira (17), uma live tratando da Lei de Emergência Cultural, Lei  Aldir Blanc, e sua Importância no Contexto da Pandemia de Covid-19. A iniciativa da Aprece aconteceu  em parceria com a Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult), a Confederação Nacional de Municípios (CNM) e o Conselho dos Dirigentes Municipais de Cultura do Estado do Ceará (Dicultura).

O objetivo da live foi orientar e tirar dúvidas acerca da Lei Aldir Blanc e assim facilitar a execução dos recursos pelos municípios. O público que prestigiou o debate teve a oportunidade de compreender a aplicabilidade dessa Lei e sua importância para os trabalhadores na cultura e para os espaços culturais, que foram fortemente impactados pelos efeitos do novo coronavírus.

Participaram da iniciativa o secretário da Cultura do Estado do Ceará, Fabiano Piúba; o presidente do Dicultura, Michelsen Diógenes de Oliveira; a analista técnica responsável pela área técnica de Cultura da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Ana Clarissa Fernandes; e a analista da Aprece na área, Vládia Cosmo.

A Lei Aldir Blanc representa um avanço significativo no reconhecimento da importância da classe de trabalhadores, das empresas de cultura e da cultura, em sua essência, principalmente porque a cultura é  meio legítimo de produção de conhecimento, de fortalecimento das raízes históricas, das tradições populares e elemento de transformação social.

A representante da CNM no debate falou sobre o processo de aprovação da lei, traçar o panorama nacional que envolveu o processo de criação da lei. Ana Clarissa Fernandes também repassou orientações sobre a utilização dos recursos, procedimentos, prazos e trâmites de gestão necessários para a execução dos valores disponibilizados.

O cenário estadual e as ações desenvolvidas pela Secretaria de Cultura foi apresentado pelo secretário Fabiano Piúba. Ele falou sobre a realização, também em parceria com a Aprece, dos Ciclos de Trabalho Regionais para estruturação da Lei Aldir Blanc, contando com a participação de secretários, gestores e dirigentes municipais de cultura de todo o Ceará.

O presidente do DiCultura falou sobre a realidade e os impactos da Lei Aldir Blanc em nível local. Segundo Michelsen Diógenes, um dos grandes legados das diversas reuniões que tem sido realizada para discutir o tema tem sido o de aproximar os municípios, colaborando bastante com a estruturação do eixo cultural das gestões. A atuação da Aprece na área foi abordada pela analista Vládia Cosmo. Ela ressaltou a importância do fortalecimento da parceria entre os órgãos envolvidos nas ações que tem acontecido em prol da estruturação da Lei Aldir Blanc nos municípios cearenses, afirmando que a entidade tem prestado todo o apoio necessário para repassar informações, orientar e acompanhar os gestores locais nesse processo.

 

 

Veja Mais