Últimas Notícias
Antônio Henrique dialoga com setor farmacêutico sobre descentralização da vacinação
Home Últimas Notícias Antônio Henrique dialoga com setor farmacêutico sobre descentralização da vacinação

 

Em reunião virtual nesta quinta-feira, 1°, o presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, Antônio Henrique (PDT) conversou com entidades do ramo farmacêutico, que colocaram em destaque a importância da descentralização da vacinação contra a Covid-19. O momento contou com a presença da Fecomércio, do Conselho Regional de Farmácia do Ceará, do Sindicato do Comércio Atacadista de Medicamentos, Perfumaria, Higiene Pessoal e Correlatos do Estado do Ceará (Sincamece), e do Sindicato do Comércio Varejista de Produtos Farmacêuticos do Estado do Ceará (Sincofarma).

No encontro as entidades destacaram o compromisso com o enfrentamento da pandemia, e que os estabelecimentos comerciais (farmácias e drogarias), que exercem um serviço essencial à população, se colocam à disposição para auxiliar na campanha de vacinação contra a Covid-19. A medida, como reforçou o presidente do Conselho Regional de Farmácia, Josemário da Silva, tem como objetivo somar esforços na imunização da população cearense.

Exemplo desse trabalho conjunto é visto nos Estado Unidos (EUA), em que o governo mobilizou as farmácias na campanha de vacinação, credenciando mais de 40 mil estabelecimentos. Segundo o setor cearense, a iniciativa americana mostra o papel de todos na pandemia, e com a compra de vacinas pelo Governo do Estado e a Prefeitura de Fortaleza por meio do consórcio nacional, essa parceria possibilita uma maior descentralização dos postos de vacinação.

O presidente Antônio Henrique reforçou o papel da Câmara como mediadora em questões de interesse da população, principalmente em relação ao acesso à saúde. Segundo o parlamentar, em um momento tão delicado, em que muitos cearenses perdem familiares para a Covid-19, é necessário o diálogo com a sociedade civil organizada para pensar em parcerias e medidas de viabilizar a vacinação dos grupos prioritários de forma rápida e acessível.

“O Brasil a cada dia registra novos recordes de mortes por Covid-19. Uma situação que deixa nós, homens públicos, com a responsabilidade de decidir o que é melhor para o nosso povo. Sabemos da importância da vacina no enfrentamento da pandemia”, pontuou.

A reunião contou com a presença do presidente da Fecomércio, Mauricio Fillizola; do presidente do Sindicato do Comércio Atacadista de Medicamentos, Perfumaria, Higiene Pessoal e Correlatos do Estado do Ceará (Sincamece), Ernani Rios; do presidente executivo do Sindicato do Comércio Varejista de Produtos Farmacêuticos do Estado do Ceará (Sincofarma), Fábio Timbó; do Conselho Federal de Farmácia, o conselheiro Egberto Feitosa e representando Abrafarma, a farmacêutica Cristiane Feijó.

Foto: Érika Fonseca

Veja Mais