Últimas Notícias
“A democracia se faz a partir do diálogo e da articulação de pensamentos divergentes”, destacou Antônio Henrique
Home Últimas Notícias “A democracia se faz a partir do diálogo e da articulação de pensamentos divergentes”, destacou Antônio Henrique

 

O presidente da Câmara Municipal, Antônio Henrique (PDT), durante a sessão plenária desta quinta-feira, 2, destacou o compromisso do Legislativo com a democracia, com o fortalecimento do diálogo. Fazendo referência a celebração da Independência do Brasil, no próximo dia 7 de setembro, o parlamentar falou da luta do povo na construção de um país soberano e igualitário.

“O povo brasileiro tem a característica de ser uma sociedade diversa, acolhedora, fruto de múltiplas culturas e de muitas vivências. Somos grandes e somos muitos, mas nunca fomos brasileiros separados. Nosso povo sempre foi unido e não vamos perder essa força. Portanto, quero aqui celebrar o 7 de setembro celebrando também a harmonia dos três poderes e destacando o nosso papel como sociedade na consolidação da nossa democracia, que é um trabalho constante”, destacou.

O presidente Antônio Henrique ressaltou a importância da convivência harmônica entre visões divergentes. “A democracia se faz a partir do diálogo e da articulação de pensamentos divergentes em busca de um consenso, algo que seja para o bem-estar da maioria e que leve o País para frente. Reforço aqui: Pensar diferente não nos faz inimigos. Não podemos esquecer que sem dialogar, nós fazemos uma escolha pela ruptura. Apenas a partir do diálogo e da boa convivência com todas as percepções de mundo podemos construir uma sociedade melhor e um país cada vez mais justo, igualitário e livre “, ressaltou.

O momento, como reforça Antônio Henrique, evidencia o papel da democracia na garantia dos direitos da população. O parlamentar parabenizou os movimentos em defesa da liberdade. “Qualquer ação de silenciamento ou de violência não pode ser considerada democrática e, por isso, devemos repudiar. Ao mesmo tempo, enaltecer e parabenizar aqueles que fazem a escolha pela construção de pontes para um futuro baseado no respeito, nas liberdades individuais e na defesa de um povo que tenha voz e poder de escolha”, atentou.

“A nossa independência é uma conquista e não vamos abrir mão dela. Essa minha fala é um convite para que todos nós, brasileiros e brasileiras, possamos ter a coragem de defender, celebrar e manter as nossas conquistas democráticas. Essa força cada um de nós carregamos, porque é isso que nos faz brasileiros. Viva o Sete de Setembro! Viva o Brasil! Viva o povo brasileiro!“, pontuou.

Veja Mais